Miranda do Douro: «Os cogumelos silvestres acrescentam valor à nossa gastronomia» – Nuno Rodrigues, vice-presidente do município de Miranda do Douro

Com o objetivo de realçar o valor ambiental, gastronómico e económico dos cogumelos silvestres, o município de Miranda do Douro, vai promover no próximo sábado, dia 19 de novembro, em São Pedro da Silva, a VIII edição das Jornadas Micológicas.

O outono é por excelência, a época dos cogumelos silvestres. A humidade e a temperatura suave desta estação do ano propiciam o seu surgimento. Graças à chuva deste mês de novembro, a apanha de cogumelos como os boletos, as marifusas, as sanchas ou os locatários está a gerar muito interesse.

De acordo com o vice-presidente do município de Miranda do Douro, Nuno Rodrigues, as Jornadas Micológicas agendadas para o próximo sábado, dia 19 de novembro, em São Pedro da Silva, pretendem sensibilizar a população para o aproveitamento sustentável dos cogumelos silvestres.

“Recordo que o município construiu o Ecocentro Micológico, em Miranda do Douro, precisamente para dar a conhecer e valorizar este recurso do nosso território. A par do valor ambiental e ecológico, os cogumelos silvestres são também um produto que acrescenta valor à nossa gastronomia e por isso deve ser preservado e valorizado”, justificou.

No nordeste transmontano e na província espanhola de Castela e Leão, territórios com características semelhantes, existem mais de 400 espécies de cogumelos.

Desde sempre, muitas das espécies comestíveis têm sido utilizadas na gastronomia, pois do ponto de vista nutricional, são um alimento que contém água, inúmeras vitaminas e minerais essenciais tais como fósforo, magnésio, cobre e selénio.

As atividades das VIII Jornadas Micológicas vão iniciar-se na manhã de sábado, em São Pedro da Silva, com um passeio micológico no campo, para recolha das várias espécies de cogumelos.

Às 13h00, segue-se um almoço-convívio.

A tarde será dedicada a uma oficina de identificação dos cogumelos recolhidos no campo.

E às 16h00 vai ser apresentado um workshop de produção de cogumelos em palha e em tronco, com o propósito de incentivar os participantes a produzir cogumelos, reaproveitando subprodutos das explorações agrícolas.

As inscrições nas VIII Jornadas Micológicas são gratuitas. Os interessados em participar devem inscrever-se no Gabinete de Apoio ao Agricultor e Desenvolvimento Rural (Largo do Castelo em Miranda do Douro) ou através do e-mail:
ecomicologico.miranda@cm-mdouro.pt identificando o nome completo, n.º CC/BI, data de nascimento e contacto telefónico.

As Jornadas Micológicas são uma iniciativa da Câmara Municipal de Miranda do Douro, em colaboração com a CoraNE – Associação de Desenvolvimento dos Concelhos da Raia Nordestina e a Xixorra – Associação Micológica.

HA

Deixe um comentário