Portugal conta com 327 variedades fruteiras registadas este ano, incluindo um novo abacateiro, sendo que, em maior número, destaca-se a macieira, seguida pela oliveira, indicou a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV).

Em maior número continua a aparecer a macieira (139), que tem variedades como a Aristides, Carneira, Gronho, Lapa, Moleirinha, Olho de Boi, Maria Rosa, Piparote, Tromba de Boi ou Zé Pereira. (flickr)
No Enomaq 2023, vão estar presentes enólogos, vitivinicultores, adegueiros e outros especialistas na elaboração do vinho.

De 14 a 17 de fevereiro, a Tanoaria J.M.Gonçalves, de Palaçoulo, vai participar no 23º Salão Internacional de Máquinas e Equipamentos para Adega (Enomaq 2023), integrado na Feira de Saragoça (Espanha), onde vai apresentar a sua mais recente novidade, a barrica vulcânica “Onix”.

De 4 a 19 de fevereiro, o Centro de Inovação e Tecnologia – Terras de Trás-os-Montes (CIT-TT), sediado em Sendim, vai ministrar uma formação gratuita em Power Business Intelligence e Share Point, duas ferramentas informáticas de análise de dados, para apoiar os negócios das empresas.

Inaugurado a 16 de julho de 2022, o Centro de Inovação e Tecnologia das Terras de Trás-os-Montes (CIT-TTM), sediado em Sendim, tem como missão fomentar o uso da tecnologia no desenvolvimento de competências e negócios que promovam o desenvolvimento local. (FM)
As operadoras de telecomunicações Meo (Altice Portugal), NOS e Vodafone Portugal anunciaram o aumento do preço dos seus serviços até 7,8%. (flickr)

O Ministério das Infraestruturas “está a acompanhar a evolução da situação” da subida de preços anunciada pelos operadores de telecomunicações e pediu ao regulador Anacom “informações”, nomeadamente sobre direitos dos consumidores relativamente a contratos em vigor.

Na manhã desta quinta-feira, dia 26 de janeiro, realizou-se a primeira manifestação dos agricultores, com uma marcha lenta de tratores e de seis mil pessoas, que percorreram o centro da cidade de Mirandela, num protesto contra a governação do ministério da Agricultura.

A sessão de esclarecimento sobre o PEPAC 2023-2027 decorreu no auditório da Casa da Cultura, em Vimioso. (HA)

Em Vimioso, realizou-se esta quarta-feira, dia 25 de janeiro, uma sessão de esclarecimento sobre as medidas do novo Plano Estratégico da Política Agrícola Comum (PEPAC), para o período 2023-2027, tendo o engenheiro agrónomo da Copanordeste, Daniel Ramos, descrito as novas medidas como muito burocráticas.

Um dos destaques do XXIV Festival dos Sabores Mirandeses, realizado no fim-de-semana de 20, 21 e 22 de janeiro, em Miranda do Douro, foi o concurso da “Tabafeia de Miranda”, que teve como objetivo incentivar a produção e o consumo deste enchido tradicional.

A “tabafeia de Miranda” é um enchido fumado, feito com carne de aves e porco, pão de trigo, azeite, condimentada com sal, alho, colorau ou pimenta e salsa. (HA)

Realizou-se no sábado, dia 21 de janeiro, na localidade de Constantim, o Encontro Cinegético de Miranda do Douro, uma atividade inserida no XXIV Festival de Sabores Mirandeses, que decorreu no fim-de-semana de 20, 21 e 22 de janeiro.

Na sexta-feira, dia 20 de janeiro, aquando da abertura oficial do XXIV Festival dos Sabo(e)res Mirandeses, a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa e a presidente do município de Miranda do Douro, Helena Barril, elogiaram o trabalho dos produtores e artesãos locais, como um exemplo de dinamismo económico.

Nos dias 20, 21 e 22 de janeiro, o jardim dos Frades Trinos, em Miranda do Douro, vai ser o local do XXIV Festival Sabores e Saberes Mirandeses, um certame dedicado a promover a gastronomia e o artesanato locais e que este ano tem como novidade a antecipação para o mês de janeiro.

Sandra Araújo entende que o combate à pobreza não se faz apenas com transferências diretas de dinheiro. (flickr)

A coordenadora nacional da Estratégia contra a Pobreza acredita que a redução do IVA nos bens essenciais, à semelhança do que aconteceu em Espanha, teria “muitas vantagens” e “benefícios imediatos” para as famílias.

A Suíça e a França continuam a ocupar as duas posições cimeiras entre os países com o valor mais elevado de remessas. (OE)

Em 2021, o valor total das remessas de emigrantes foi de 3.677,76 milhões de euros, o mais alto das últimas duas décadas e que representa 1,7% do Produto Interno Bruto (PIB) português, de acordo com o Relatório da Emigração.

A 8 de janeiro realizou-se no miniauditório, em Miranda do Douro, o sorteio dos prémios do concurso “Neste Natal, Compre Local”, uma iniciativa da Associação Comercial e Industrial de Miranda do Douro (ACIMD) que teve como objetivo incentivar o público a fazer compras no comércio e nas empresas do concelho.

Miranda do Douro acolhe um grupo de 15 trabalhadores ligados a vários ramos de atividade, que vão trabalhar à distância.

Entre os dias 2 a 8 de janeiro, vários profissionais de diversas áreas estão a trabalhar à distância, desde Malhadas, numa iniciativa promovida pela associação Rural Move, em parceria com o município de Miranda do Douro, com o duplo objetivo de dinamizar o concelho e dar a conhecer as potencialidades deste território.

A abertura do Curso Técnico Profissional de Termalismo e Bem-estar de Vimioso, resulta uma parceria entre o município de Vimioso e o Instituto Politécnico de Bragança (IPB).

A vila de Vimioso vai acolher um curso de termalismo, que está integrado nos cursos técnico profissionais superiores, com 17 alunos, oriundos de várias localidades dos distritos de Bragança e Vila Real.

A seca extrema do ano de 2022, junto com as doenças como a tinta, o cancro e a vespa das galhas do castanheiro, “originaram uma quebra acentuada na produção de castanha. (flickr)

O município de Vinhais fez um balanço “dramático” da campanha da castanha neste ano, com prejuízos de 10 milhões de euros. pelo que solicitou ajudas financeiras do Governo aos produtores, informou a autarquia.

A organização desta experiência piloto de âmbito rural está a cargo da Associação Rural Move e do município de Miranda do Douro, que desde 2020 têm colaborado na promoção e dinamização deste concelho raiano como território aberto ao investimento e a novos residentes. (flickr)

De 2 a 8 de janeiro, Miranda do Douro vai acolher um grupo de 15 trabalhadores ligados a vários ramos de atividade, que vão trabalhar à distância, com os objetivos de dar a conhecer as potencialidades da região, informou fonte ligada ao projeto.

Para além dos benefícios no setor da saúde, a autarca, Helena Baril, destaca ainda o potencial turístico que pode trazer visitantes oriundos do Porto para Miranda do Douro.

A Assembleia Municipal de Miranda do Douro, aprovou por “unanimidade e aclamação e com louvor a inclusão da linha ferroviária de alta velocidade Porto-Vila Real-Bragança-Zamora no Plano Ferroviário Nacional (PFN), disse a presidente da câmara, Helena Barril.

A Altice Portugal, dona da Meo, vai proceder à atualização dos preços a partir de fevereiro, sendo que os clientes que têm apenas voz fixa e os reformados com plano reformados estão excluídos deste aumento. (flickr)

O ano novo que se aproxima vai trazer um aumento generalizado dos preços, que os consumidores irão pagar pelos serviços que usam no dia-a-dia, dado que a inflação em novembro atingiu os 9,9%.

A abertura de candidaturas (inicialmente prevista para 16 de janeiro) decorre de 16 de dezembro até 31 de maio de 2023, segundo o aviso de abertura publicado na página do IEFP.

As candidaturas aos estágios Ativar.pt abriram no dia 16 de dezembro, com uma dotação orçamental de 75 milhões de euros, depois de o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) ter decidido antecipar a data de abertura em um mês.

Entre os dias 16 de dezembro e 7 de janeiro, vai decorrer o concurso “Neste Natal, Compre Local”, uma iniciativa da Associação Comercial e Industrial do Concelho de Miranda do Douro (ACIMD), que visa dinamizar a economia, através do incentivo às compras no comércio tradicional.

No encerramento da XXI Feira das Artes, Ofícios e Sabores, os produtores, o público e o presidente da Câmara Municipal de Vimioso, Jorge Fidalgo, mostraram-se unânimes ao considerar que o certame foi um sucesso, em vendas, na afluência de pessoas e na qualidade do evento.

No decorrer da Feira das Artes, Ofícios e Sabores (FAOS), realizado no pavilhão multiusos de Vimioso, e animados pela música e dança tradicional dos pauliteiros de Miranda, decorreu no sábado, dia 10 de dezembro, a sessão gastronómica “D’Gustar – Provas com Produtos das Terra de Trás-os-Montes”.

O projeto conta ainda com a colaboração de investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), do Instituto Politécnico de Bragança e com a empresa portuguesa de biotecnologia vegetal Deifil. (flickr)

Investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) lideram um projeto que visa tornar o castanheiro mais resistente às alterações climáticas, em particular, em zonas onde a falta de água e os picos de temperatura são “alarmantes”.

No auditório do pavilhão multiusos de Vimioso, o presidente do município, Jorge Fidalgo, lançou o repto ao explicar que “inovar socialmente” significa “fazer diferente” e implica a mobilização e participação das pessoas. (HA)

Na abertura da XXI Feira das Artes, Ofícios e Sabores de Vimioso, no passado dia 9 de dezembro, realizou-se o seminário “Inovação Social – Estratégias para o Futuro”, onde se apontaram caminhos para desenvolver projetos inovadores, que respondam aos problemas sociais do concelho.

O olival tradicional, de sequeiro, é o mais afetado pela seca, destacando-se as regiões de Trás-os-Montes e as Beiras, onde predomina este tipo. (HA)

A produção nacional de azeite deverá registar uma quebra de até 50%, face à campanha anterior, devido à seca, adiantou a secretária-geral da Casa do Azeite.

Nos lagares de Santulhão e Sendim, continuam a decorrer os trabalhos de recepção e transformação da azeitona, mas este ano há uma acentuada redução na colheita e na produção de azeite, devido ao frio que prejudicou a floração das oliveiras e à seca prolongada que se seguiu.

No fim-de-semana de 3 e 4 de dezembro, Miranda do Douro vai organizar o Mercado Rural Mirandês, um certame anual durante o qual os produtores locais comercializam produtos hortícolas, frutos secos, fumeiro, queijos, mel e a doçaria tradicional, na preparação da época festival do Natal.

Os critérios para avaliação das montras são: a originalidade e criatividade; a integração do produto no comércio; as cores, materiais utilizados e iluminação; e a estética do conjunto (harmonia da imagem).

Em Miranda do Douro, estão a decorrer até ao dia 5 de dezembro, as inscrições para o “Concurso Montras de Natal 2022”, uma iniciativa da Câmara Municipal e da Associação Comercial e Industrial do concelho de Miranda do Douro (ACIMD), com os propósitos de preservar a tradição natalícia e embelezar os espaços comerciais.

A XXI Feira das Artes, Ofícios e Sabores de Vimioso, agendada para o fim-de-semana de 9, 10 e 11 de dezembro, no pavilhão multiusos, vai oferecer aos visitantes a oportunidade de adquirir produtos caraterísticos da região e de participar nas várias atividades como é o seminário dedicado à inovação social.

O evento “Há Feira na Praça” deste sábado, dia 26 de novembro, no Largo dom João III, em Miranda do Douro, é dedicado à comercialização do nabo, um produto hortícola caraterístico desta época do ano, na Terra de Miranda.

O município de Vimioso participou na Feira Internacional de Turismo do Interior 2022 (INTUR), que decorreu de 17 a 20 de novembro, em Valladolid (Espanha), onde teve a oportunidade de promover as Termas junto do público espanhol.

No passado dia 18 de novembro, realizou-se em Miranda do Douro, o workshop “Ideias ridículas que transformei em negócios”, uma iniciativa promovida pelo CLDS 4G Miranda Cumbida, que teve como objetivo incentivar ao empreendedorismo no concelho de Miranda do Douro.

No fim-de-semana de 18, 19 e 20 de novembro, a localidade de Carção, no concelho de Vimioso, voltou a realizar a 4ª edição do “Cachico – Mercado Rural”, um certame que atraiu a vinda de muito público e valorizou os produtos locais.

Segundo o município de Vimioso, a realização destas feiras temáticas possibilita aos produtores a comercialização dos seus produtos. (HA)
A região de Trás-os-Montes, que concentra cerca de 85% da produção nacional de castanha, a maior parte nos concelhos de Bragança e Vinhais. (flickr)

A Câmara Municipal de Bragança quer que o Governo atribua uma compensação financeira aos produtores de castanha pelas quebras na produção, que indica “foram superiores a 80%” devido à seca, divulgou o município.

Um saco de 15 quilos de 'pellets' em Portugal para aquecimento estava marcado a 9,99 euros. Já em Alcanizes, do outro lado da fronteira, a mesma quantidade custa 8,25 euros. (flickr)

As pessoas residentes nas localidades fronteiriças recorrem cada vez mais à vizinha Espanha para comprar combustíveis, gás e ‘pellets’ para aquecer as suas casas.

As Monjas Trapistas do Mosteiro de Santa Maria Mãe da Igreja, em Palaçoulo, vão participar “pela primeira vez”, na 24ª Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais que vai decorrer no Mosteiro de Alcobaça, de 17 a 20 de novembro.

Com o objetivo de realçar o valor ambiental, gastronómico e económico dos cogumelos silvestres, o município de Miranda do Douro, vai promover no próximo sábado, dia 19 de novembro, em São Pedro da Silva, a VIII edição das Jornadas Micológicas.

O “Cachico – Mercado Rural” vai voltar a animar a localidade de Carção, no fim-de-semana de 18, 19 e 20 de novembro, com a comercialização dos produtos caraterísticos da localidade como são a castanha, o pão de abóbora, a aguardente, as ervas aromáticas entre outros produtos agrícolas.

O conservante natural à base de flor de castanheiro está patenteado e será comercializado com o nome de 'chestwine' e terá como primeiro objetivo o mercado do vinho. (flickr)

A primeira fábrica portuguesa para produção do conservante natural da flor de castanheiro está a ser instalada em Bragança, com a finalidade de produzir em larga escala aquele que é apresentado como substituto dos sulfitos em produtos como o vinho.

Na Terra de Miranda, os cogumelos silvestres mais conhecidos são o míscaro (que se encontra nos pinhais), os boletos (mais comuns nos castanheiros e nos carvalhais) e a marifusa. (flickr)

De 14 a 19 de novembro, vai decorrer na junta de freguesia de Vimioso um curso gratuito, em horário pós-laboral, dedicado à apanha e identificação de cogumelos silvestres, um recurso que tem um alto valor económico na vizinha Espanha e que estranhamente continua a ser desaproveitado em Portugal.

A escassez de matérias-primas e o aumento dos custos de produção, sobretudo da energia como fator indispensável para a produção agroalimentar, estão a refletir-se no aumento dos preços dos bens alimentares. (HA)

Desde o final de fevereiro, com o deflagrar da guerra na Ucrânia, o preço dos alimentos tem aumentado significativamente. Em Miranda do Douro, os administradores do “Intermarché” e do supermercado “Zona Norte – Aqui é Fresco” falaram-nos sobre o impacto da subida dos preços nos hábitos de consumo dos seus clientes.

Segundo o governo, o digital é um instrumento fundamental para a transformação do tecido empresarial, para a modernização da Administração Pública e para a melhoria das competências digitais das pessoas.

O secretário de Estado da Digitalização e da Modernização Administrativa sublinhou que o digital “representa 22% da dotação total” do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), 3.700 milhões de euros, um “reconhecimento” de que é “um instrumento fundamental” para o desenvolvimento do país.

O evento mensal vai decorrer no Largo Dom João III, a praça central da cidade de Miranda do Douro, onde inicialmente vão ser instalados 10 stands para os expositores locais.

No próximo sábado, dia 12 de novembro, o Largo Dom João III, em Miranda do Douro, acolhe a I edição do certame “Há Feira na Praça”, um novo evento mensal que tem por finalidade dar a conhecer e comercializar os produtos locais mirandeses, com destaque para o artesanato, a doçaria, o fumeiro e os produtos hortícolas.

A edição deste ano da Feira dos Grazes de Sendim, iniciou-se com a cerimónia de abertura, realizada ao final de tarde de sexta-feira, dia 28 de outubro. (HA)

Nos dias 28, 29 e 30 de outubro, a vila de Sendim organizou a conhecida Feira das Grazes, um certame que este ano teve como destaques a apresentação do matadouro do planalto mirandês e o espaço dedicado aos produtores locais e aos concertos musicais.

A feira deste ano não teve o sucesso comercial de outras edições, dada a seca e a significativa quebra na colheita de castanha e de outros produtos. (HA)

Nos dias 29 e 30 de outubro, a Feira da Castanha e dos Produtos da Terra atraiu a vinda de milhares de pessoas a Avelanoso, para visitar o certame e participar nas várias atividades de um evento, que continua a ser uma oportunidade para os produtores locais comercializarem os seus produtos.

De 21 de outubro até 1 de novembro, o município de Miranda do Douro está a participar no Festival Gastronómico de Santarém, para divulgar e promover a doçaria, o fumeiro e a cutelaria da Terra de Miranda.

Dada o avanço na maturação da azeitona, no próximo Domingo, dia 30 de outubro, vai realizar-se em Santulhão, uma formação sobre a apanha da azeitona e os cuidados a ter no transporte para o lagar, de modo a garantir a qualidade do azeite.

No próximo fim-de-semana de 29 e 30 de outubro, Avelanoso vai organizar a VII Feira da Castanha e dos Produtos da Terra, um evento onde a castanha é a principal atração, entre outros produtos e atividades, como a montaria do javali, o passeio todo-o-terreno, a luta de touros e a animação musical.

O parque industrial ficará localizado nas proximidades do nó do Itinerário Complementar 5 (IC5), em Duas Igrejas. (flickr)

O município de Miranda do Douro vai lançar um concurso público destinado à construção da zona industrial, em Duas Igrejas, um projeto orçado em 1,5 milhões de euros, foi divulgado pela autarquia.

Em Sendim já está tudo pronto para a realização da Feira dos Grazes, um certame que este ano tem a novidade de decorrer ao longo de três dias, de 28, 29 e 30 de outubro e que para além da conhecida feira franca, vai oferecer aos visitantes a oportunidade de adquirir produtos locais e de assistir aos concertos musicais.

A construção de um matadouro no Planalto Mirandês tem sido debatida há mais de uma década, chegando a haver reuniões de trabalho entre os três municípios envolvidos - Miranda do Douro, Mogadouro e Vimioso. (flickr)

O município de Miranda do Douro vai avançar com a construção do matadouro intermunicipal do Planalto, que ficará instalado em Sendim e orçado em cerca quatro milhões de euros, informou a presidente da câmara municipal, Helena Barril.

Quanto ouvimos falar de pessoas empreendedoras pensamos em alguém ativo, enérgico e dinâmico que conseguiu começar o seu próprio negócio ou empresa, enfrentando dificuldades e obstáculos. O Tó Zé e a Carla Sofia são um casal de jovens empreendedores, que em 2008, iniciou a sua atividade por conta própria, ao reabrir e modernizar o Café Pizzaria Juventude, em Vimioso.

O Tó Zé e a Carla Sofia são um casal de jovens, empreendedores, que iniciou a atividade por conta própria em 2008. (HA)
O projeto teve um investimento de cerca de 80 mil euros que foi comparticipado por fundos do Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos (PROVERE). (MM)

O município de Mogadouro e a Associação Comercial e Industrial, apostaram numa nova plataforma para comercialização dos produtos locais, com a marca “Origem: Mogadouro”, informou o presidente da câmara.

João Gonçalves, agricultor em Avelanoso, prevê uma quebra de 3/4 na produção de castanha. (HA)

Por causa da seca, nas aldeias de Avelanoso e São Martinho de Angueira, a apanha da castanha está muito atrasada, devido ao desenvolvimento tardio dos frutos, o que antecipa uma acentuada quebra na colheita de castanhas.

No King of Portugal 2022 estima-se que tenham assistido à competição cerca de 15 mil pessoas. (HA)

Nos dias 5, 6, 7 e 8 de outubro, a vila de Vimioso acolheu a visita de milhares de pessoas para realizar e acompanhar a prova de todo-o-terreno “King of Portugal”, um evento que tem um forte impacto na economia local, sobretudo nos setores da hotelaria, na restauração e no comércio.

A castannha é uma das produções agrícolas mais rentáveis, com um valor económico anual “de cerca de 100 milhões de euros” para a região de Trás-os-Montes. (flickr)

Em Vinhais, a apanha da castanha está atrasada devido à seca, o que leva ao fraco desenvolvimento do fruto, os ouriços tardam em abrir e as previsões apontam para uma quebra na produção de castanha, em Trás-os-Montes.

Na primeira edição da “Clássica Douro Internacional” participaram 535 atletas, sendo que 96% homens e 4% mulheres. (CDI)

Após a realização a 25 de setembro, em Miranda do Douro, da primeira edição da prova de cicloturismo “Clássica Douro Internacional”, a empresa organizadora “Cabreira Solutions” apresentou uma avaliação do evento, no qual os 535 ciclistas destacaram as paisagens da região, a hospitalidade e as acessibilidades.

Com vista a valorizar os recursos naturais, o município de Miranda do Douro, em colaboração com a CoraNE, vai promover a partir deste mês de outubro, três cursos em modo de produção biológica, cogumelos silvestres e plantas aromáticas.

A Feira dos Gorazes tem um investimento de 125 mil euros e vai contar com mais de uma centena de expositores.

A tradicional Feira dos Gorazes está de regresso a Mogadouro, entre 13 e 16 de outubro, após dois anos de interregno devido à pandemia de covid-19, anunciou a Associação Comercial e Industrial local.

O programa dos workshops inicia-se esta terça-feira, dia 4 de outubro, às 18h00, com o módulo dedicado à “Exploração de Base de Dados”.

O Centro de Inovação e Tecnologia das Terras de Trás-os-Montes (CIT-TTM), sediado em Sendim, vai realizar de 4 outubro a 12 de novembro, um conjunto de workshops gratuitos, para fomentar o desenvolvimento de competências digitais.

O fim das ajudas levou ao abandono do setor e a produção de cereais sofreu uma redução de 90% no distrito de Bragança. (flickr)

O distrito de Bragança já foi o maior produtor de centeio do país e há agricultores e empresários interessados em voltar a cultivar cereais, desde que haja ajudas específicas para esta região.

O presidente do Turismo prevê que a região Norte ultrapasse este ano os valores de 2019, considerado o ano recorde de dormidas turísticas em Portugal e na região. (HA)

O presidente da Turismo Porto e Norte de Portugal (TPNP) admitiu que a falta de recursos humanos pode colocar em “perigo” a qualidade do serviço a que a região habituou os turistas.

O Agrisocial é o nome do projeto que indica que a agricultura familiar existente neste território pode criar valor económico, fixar pessoas e combater o desperdício alimentar. (flickr)

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Terras de Trás-os-Montes quer pôr a pequena agricultura a fornecer escolas e instituições no âmbito de um projeto apresentado como estruturante para o território que envolve nove municípios.

A castannha é uma das produções agrícolas mais rentáveis, com um valor económico anual “de cerca de 100 milhões de euros” para a região de Trás-os-Montes. (flickr)

O município de Bragança pediu mais vigilância e fiscalização por parte das autoridades e agentes de comercialização para prevenir o roubo de castanha, numa altura em que está prestes a iniciar mais uma campanha.

A vitivinicultura é uma das principais atividades económicas da região de Sendim. (HA)

No dia 16 de setembro, iniciaram-se as vindimas, em Sendim, com a apanha das uvas brancas, num ano em que apesar da seca, os agricultores das arribas do Douro, preveem, ainda assim, uma boa colheita.

No próximo Domingo, dia 25 de setembro, vai realizar-se a “Clássica Douro Internacional”, uma prova de cicloturismo através da qual 650 ciclistas vão percorrer os concelhos de Miranda do Douro, Mogadouro, Vimioso e a vizinha Espanha, para assim conhecer o património natural e cultural desta região.

Nos dias 16, 17 e 18 de setembro, Vilar Seco vai voltar a organizar a IV Feiras das Colheitas, um evento que pretende dar dinamismo à aldeia e oferecer aos visitantes a oportunidade de comprar produtos locais e apreciar as várias manifestações culturais da região, como são as raças autóctones, a música e a dança tradicionais.

Setembro é habitualmente o mês das vindimas, uma das tradições agrícolas mais populares do nosso país. Esta tradição atravessa gerações e mobiliza famílias inteiras, adultos, jovens e até crianças. Fomos até Sendim, conhecer a cooperativa agrícola Ribadouro, que no dia 16 de setembro começa a receber as uvas dos vitivinicultores da região.

Óscar Afonso é natural de Sendim e assumiu a presidência da cooperativa agrícola Ribadouro, C.R.L., em 2016.
A assembleia da cooperativa Ribadouro realizou-se no salão nobre da junta de freguesia de Sendim, onde marcaram presença, cerca de meia centena de produtores. (HA)

Na véspera do início das vindimas, realizou-se no Domingo, dia 11 de setembro, em Sendim, uma assembleia geral ordinária da cooperativa agrícola Ribadouro, C.R.L., para informar os associados das datas para entrega das uvas e aprovar um pedido de empréstimo à banca, para financiamento da cooperativa.

O eixo do PVI “Captar Investimento e Pessoas para o Interior” permitiu a criação de 4.060 postos de trabalho, 274 dos quais em regime de teletrabalho.

Mais de 4.000 postos de trabalho foram criados no interior do país, em quase três anos, na sequência de medidas do Programa de Valorização do Interior (PVI), revelam dados disponibilizados pelo Governo.

O recinto do Santuário do Naso acolheu a 6 de setembro, o Concurso Nacional do Burro de Miranda, um evento anual que tem por objetivo incentivar os criadores no cuidado e preservação desta raça autóctone da Terra de Miranda, que é cada vez mais valorizada pela sua docilidade e utilidade.

Os dados do INE indicam que, em junho, o setor do alojamento turístico registou três milhões de hóspedes, mais 85,4% do que no mesmo mês de 2021.

O alojamento turístico registou 8,6 milhões de dormidas em julho, mais 90,1% do que em igual período anterior, com os mercados externos responsáveis por 5,7 milhões, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).

A Região Vitivinícola de Trás-os-Montes vai desde de Montalegre (Vila Real) ao Planalto Mirandês (Bragança), passando pelo coração da Terra Quente Transmontana. (flickr)

Os produtores de vinho da sub-região do planalto mirandês, integrada na Região Vitivinícola de Trás-os-Montes, esperam uma quebra na produção a rondar os 20%, face ao ano anterior, menor do que a inicialmente perspectivada devido à seca.

A X Concentração Motard, em Miranda do Douro, foi um êxito dada a grande participação de motoclubes e motociclistas. (HA)

Concluiu-se este Domingo, dia 28 agosto, em Miranda do Douro, a X Concentração Motard, organizada pelo motoclube “L’s Cartolicas Zinantes”, um evento que decorreu nos dias 26, 27 e 28 e encheu a cidade motocliclistas, muitos deles vindos da vizinha Espanha.

Nos dias 26, 27 e 28 de agosto, o mercado de gado, em Malhadas, acolheu o XXXI Concurso Nacional de Bovinos Mirandeses, um certame que reuniu os criadores desta raça autóctone e premiou os melhores bovinos mirandeses.

No dia 21 de agosto encerrou, em Miranda do Douro, a XXIV Famidouro – feira de Artesanato, um evento que atraiu uma grande afluência de espanhóis e emigrantes à cidade, para conhecer os produtos artesanais que se fabricam no concelho como são as capas d’honra mirandesas, as navalhas de Palaçoulo ou os talhicos mirandeses.

Vai realizar-se no próximo sábado, dia 13 de agosto, em Sendim, a primeira edição da Feira do Emigrante, um certame que tem por objetivo presentear os muitos emigrantes que estão de visita à vila sendinesa neste mês de agosto e, simultaneamente, dinamizar as festas de Santa Bárbara.

O Dia do Município de Vimioso inicia-se com a conhecida Feira de São Lourenço. (HA)

A vila de Vimioso celebrou a 10 de agosto, o feriado municipal, com a realização da célebre feira de São Lourenço, a que se juntou o concurso concelhio de bovinos da raça mirandesa e a luta de touros.

A XXIV Famidouro – Feira de Artesanato de Miranda do Douro vai decorrer de 12 a 21 de agosto, e este ano para além dos trabalhos dos cerca de 60 artesãos/expositores vai oferecer aos visitantes um concerto de piano na abertura, a animação dos grupos de pauliteiros do concelho ao longo do certame e mostras de culinária com os produtos locais.

José Abílio Gonçalves é sócio-gerente e responsável pelo departamento comercial e produção de vinhos da J.M.Gonçalves - Tanoaria, Lda. (HA)

A J.M.Gonçalves -Tanoaria, Lda., localizada em Palaçoulo, foi nomeada empresa inovadora COTEC, uma distinção que visa reconhecer os elevados padrões de estabilidade financeira, eficiência operacional e inovação tecnológica, que fazem desta empresa um exemplo para todo o país. José Abílio Gonçalves, sócio-gerente da tanoaria, explicou ao jornal Terra de Miranda – Notícias, o significado deste prémio.

Numa manhã fresca de verão, com uma brisa suave e o sol a despontar, 16 pessoas embarcaram no barco das Arribas do Douro, atracado num cais perto da barragem de Bemposta, para ir à descoberta da beleza do Parque Natural do Douro Internacional (PNDI) e maravilharam-se com a paisagem, as aves e o silêncio que aí encontraram.

No fim-de-semana de 22, 23 e 24 de julho, a zona histórica do castelo de Mogadouro foi o palco do Festival Terra Transmontana, um evento repleto de animação e de atividades dedicados ao tema das comemorações dos 750 anos da vila mogadourense.

No âmbito do projeto de estudo da azeitona “santulhana”, o Instituto Politécnico de Bragança (IPB) vai promover de 25 a 29 de julho, em Izeda e Santulhão, o curso de verão “Produção Sustentável em Olivicultura”, destinado aos olivicultores desta região.

No fim-de-semana de 22 a 24 de julho, o castelo de Mogadouro vai ser o palco do Festival Terra Transmontana, um evento que vai oferecer ao público uma forte componente de música folk e tradicional, com concertos, atuação de grupos de gaiteiros, pauliteiros, caretos, animação de rua, figurantes, tascas, tabernas, artesanato e produtos locais.

Na zona industrial de Alfândega da Fé estão instaladas pequenas empresas, oficinas, empresas de transformação, agroindustriais e ligadas aos frutos secos.

O município de Alfândega da Fé vai investir 1,5 milhões de euros na zona industrial para atrair novos investimentos e expandir negócios como o dos frutos secos, uma das principais indústrias do concelho transmontano.

Com um investimento de 2,2 milhões de euros, esta infraestrutura foi inuagurada num cerimónia oficial na Câmara Municipal de Miranda do Douro. (PS)

O concelho de Miranda do Douro já tem gás natural, após a Sonorgás – Sociedade de Gás do Norte, concluir a construção da Unidade Autónoma de Gaseificação (UAG), que entrou em funcionamento no sábado, dia 25 de junho, permitindo abastecer mais de mil habitações através de uma rede de distribuição domiciliária com cerca de 12 km de extensão.

No concelho de Miranda do Douro há cerca de 50 explorações, num total de 2000 animais jovens e adultos e 1100 fêmeas adultas. (HA)

Realizou-se no dia 24 de junho, no mercado de gado, em Malhadas, o concurso concelhio de Bovinos de Raça Mirandesa, um certame anual que reúne os criadores do concelho de Miranda do Douro, num dia de exibição dos seus animais mas também de convívio entre os criadores e promoção desta raça autóctone.

O solar de bovinos de raça mirandesa abrange seis concelhos: Bragança, Miranda do Douro, Mogadouro, Macedo de Cavaleiros, Vinhais e Vimioso. (HA)

Os produtores de gado bovino de raça mirandesa estão muito apreensivos em relação ao futuro, devido à seca extrema que afeta o território do planalto mirandês e ao aumento dos custos de produção.

O município de Miranda do Douro vai dinamizar nesta sexta-feira, dia 24 de junho, em Malhadas, o Concurso Concelhio de Bovinos de Raça Mirandesa e Luta de Touros 2022, um certame que tem como propósito reunir todos os criadores do concelho.

Nos dias 6, 7 e 8 de junho cerca de meia centena de agricultores do concelho de Miranda do Douro visitaram a Feira Nacional de Agricultura, em Santarém, onde tiveram a oportunidade de estabelecer contatos com outros agricultores de todo o país e conhecer as mais modernas inovações e máquinas do setor agrícola.

As Termas da Terronha, em Vimioso, foram inauguradas a 13 de agosto de 2013. (HA)

A propósito da “I Semana para a Saúde e Bem Estar – Dr. José Joaquim de Moura” que vai decorrer de 6 a 10 de junho, em Vimioso, fomos visitar as termas locais, uma moderna estância termal edificada sobre o vale do rio Angueira e que proporciona vários tratamentos e serviços de bem estar.

A atual crise e escalada dos preços dos cereais é vista como uma oportunidade para recuperar o afamado centeio da Terra Fria ou o trigo barbela e trigo espelta. (flickr)

Um empresário de Bragança acredita que há uma nova oportunidade para os cereais da Terra Fria transmontana, que antigamente foram considerados pobres e quer convencer os agricultores a voltarem a plantar os cabeços abandonados.

Os ovinos de raça churra mirandesa tem um efetivo de 6.067 machos e fêmeas, repartidos por 75 produtores do planalto mirandês (Miranda do Douro, Mogadouro e Vimioso).

Os pastores do planalto mirandês estão a enfrentar dificuldades devido à seca e também à escalada dos preços dos fatores de produção, associados à guerra na Ucrânia.

Emanuel Soares e a esposa, Margarida, são os proprietários da pizzaria Gorgonzola, em Miranda do Douro. (HA)

A pizzaria Gorgonzola, em Miranda do Douro, é muito apreciada pela qualidade das suas pizzas, uma distinção que, segundo o pizaiolo, Emanuel Soares, resulta de um processo de aprendizagem, no qual aprendeu a preparar a massa e a escolher os melhores ingredientes, segundo a arte tradicional napolitana.

A 31 de março de 2022, realizaram-se as eleições para os órgãos sociais da Associação Comercial e Industrial de Miranda do Douro (ACIMD), para o triénio 2022/2025, tendo sido eleito presidente, Bruno Gomes, que assumiu que a prioridade é dar notoriedade ao comércio, à indústria e ao artesanato local.

Bruno Gomes é o novo presidente da Associação Comercial e Industrial de Miranda do Douro (ACIMD)
As rosquilhas foram o produto mais procurado na feira tradicional, em Argozelo. (HA)

A Feira da Rosquilha, em Argozelo, voltou a realizar-se passados dois anos de pandemia e atraiu a vinda de centenas de pessoas, que aproveitaram o fim-de-semana, de 2 e 3 de abril, para comprar alguns produtos locais, como as tradicionais rosquilhas e os folares para a Páscoa.

A Feira da Bola Doce Mirandesa, uma iguaria tradicional da Páscoa, vai regressar a Miranda do Douro, após dois anos de interregno devido às restrições provocadas pela pandemia, anunciou o município.

A vila de Argozelo vai realizar nos dias 2 e 3 de abril, a XV Feira da Rosquilha, um evento cujo objetivo é dar a conhecer e comercializar os produtos locais, como são as tradicionais rosquilhas, mas também o folar, o azeite, o vinho, o fumeiro, etc. e assim dinamizar a economia local.

Vão realizar-se no dia 2 de abril, as VI Jornadas Técnicas do Castanheiro, a partir das 14.30 h, em São Martinho de Angueira, com o objetivo de esclarecer e aconselhar os agricultores sobre boas práticas na cultura do castanheiro.

O certame dedicado ao turismo, regressou após uma ausência de dois anos, devido à pandemia, e realizou-se de 16 a 20 de março, na FIL,– Feira Internacional de Lisboa. (MV)

O Município de Vimioso apresentou na Feira de Turismo de Lisboa, os produtos mais emblemáticos do concelho como são o pão de Caçarelhos, a rosquilha de Argozelo, o azeite de Santulhão e, claro, as Termas da Terronha.

A Semana Gastronómica do Bacalhau vai decorrer de 26 de fevereiro a 6 de março de 2022, tendo aderido oito dos mais “emblemáticos” restaurantes da cidade e que vão oferecer vários pratos de bacalhau nas suas ementas.

A Associação Comercial de Miranda do Douro vai voltar a organizar a Semana Gastronómica do Bacalhau dirigida aos vizinhos espanhóis e dar assim um novo impulso à restauração local, um setor que foi bastante prejudicado pela restrições impostas pela pandemia.

A aldeia de Picote é uma aldeia cada vez mais procurada pelos turistas nacionais e estrangeiros, que ficam maravilhados com os recursos naturais e culturais aí preservados, em boa parte graças ao trabalho da freguesia local e do atual presidente, Jorge Lourenço. 

Jorge Lourenço, presidente da freguesia de Picote, tem sido um grande impulsionador do desenvolvimento turístico de Picote. (HA)

Deixe um comentário