Rua 25 de Abril 8, Miranda do Douro 5210-178 Portugal | 273 431 278

O distrito de Bragança já foi o maior produtor de centeio do país e há agricultores e empresários interessados em voltar a cultivar cereais, desde que haja ajudas específicas para esta região.

O fim das ajudas levou ao abandono do setor e a produção de cereais sofreu uma redução de 90% no distrito de Bragança. (flickr)
O presidente do Turismo prevê que a região Norte ultrapasse este ano os valores de 2019, considerado o ano recorde de dormidas turísticas em Portugal e na região. (HA)

O presidente da Turismo Porto e Norte de Portugal (TPNP) admitiu que a falta de recursos humanos pode colocar em “perigo” a qualidade do serviço a que a região habituou os turistas.

O Agrisocial é o nome do projeto que indica que a agricultura familiar existente neste território pode criar valor económico, fixar pessoas e combater o desperdício alimentar. (flickr)

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Terras de Trás-os-Montes quer pôr a pequena agricultura a fornecer escolas e instituições no âmbito de um projeto apresentado como estruturante para o território que envolve nove municípios.

A castannha é uma das produções agrícolas mais rentáveis, com um valor económico anual “de cerca de 100 milhões de euros” para a região de Trás-os-Montes. (flickr)

O município de Bragança pediu mais vigilância e fiscalização por parte das autoridades e agentes de comercialização para prevenir o roubo de castanha, numa altura em que está prestes a iniciar mais uma campanha.

A vitivinicultura é uma das principais atividades económicas da região de Sendim. (HA)

No dia 16 de setembro, iniciaram-se as vindimas, em Sendim, com a apanha das uvas brancas, num ano em que apesar da seca, os agricultores das arribas do Douro, preveem, ainda assim, uma boa colheita.

No próximo Domingo, dia 25 de setembro, vai realizar-se a “Clássica Douro Internacional”, uma prova de cicloturismo através da qual 650 ciclistas vão percorrer os concelhos de Miranda do Douro, Mogadouro, Vimioso e a vizinha Espanha, para assim conhecer o património natural e cultural desta região.

Nos dias 16, 17 e 18 de setembro, Vilar Seco vai voltar a organizar a IV Feiras das Colheitas, um evento que pretende dar dinamismo à aldeia e oferecer aos visitantes a oportunidade de comprar produtos locais e apreciar as várias manifestações culturais da região, como são as raças autóctones, a música e a dança tradicionais.

Setembro é habitualmente o mês das vindimas, uma das tradições agrícolas mais populares do nosso país. Esta tradição atravessa gerações e mobiliza famílias inteiras, adultos, jovens e até crianças. Fomos até Sendim, conhecer a cooperativa agrícola Ribadouro, que no dia 16 de setembro começa a receber as uvas dos vitivinicultores da região.

Óscar Afonso é natural de Sendim e assumiu a presidência da cooperativa agrícola Ribadouro, C.R.L., em 2016.
A assembleia da cooperativa Ribadouro realizou-se no salão nobre da junta de freguesia de Sendim, onde marcaram presença, cerca de meia centena de produtores. (HA)

Na véspera do início das vindimas, realizou-se no Domingo, dia 11 de setembro, em Sendim, uma assembleia geral ordinária da cooperativa agrícola Ribadouro, C.R.L., para informar os associados das datas para entrega das uvas e aprovar um pedido de empréstimo à banca, para financiamento da cooperativa.

O eixo do PVI “Captar Investimento e Pessoas para o Interior” permitiu a criação de 4.060 postos de trabalho, 274 dos quais em regime de teletrabalho.

Mais de 4.000 postos de trabalho foram criados no interior do país, em quase três anos, na sequência de medidas do Programa de Valorização do Interior (PVI), revelam dados disponibilizados pelo Governo.

O recinto do Santuário do Naso acolheu a 6 de setembro, o Concurso Nacional do Burro de Miranda, um evento anual que tem por objetivo incentivar os criadores no cuidado e preservação desta raça autóctone da Terra de Miranda, que é cada vez mais valorizada pela sua docilidade e utilidade.

Os dados do INE indicam que, em junho, o setor do alojamento turístico registou três milhões de hóspedes, mais 85,4% do que no mesmo mês de 2021.

O alojamento turístico registou 8,6 milhões de dormidas em julho, mais 90,1% do que em igual período anterior, com os mercados externos responsáveis por 5,7 milhões, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).

A Região Vitivinícola de Trás-os-Montes vai desde de Montalegre (Vila Real) ao Planalto Mirandês (Bragança), passando pelo coração da Terra Quente Transmontana. (flickr)

Os produtores de vinho da sub-região do planalto mirandês, integrada na Região Vitivinícola de Trás-os-Montes, esperam uma quebra na produção a rondar os 20%, face ao ano anterior, menor do que a inicialmente perspectivada devido à seca.

A X Concentração Motard, em Miranda do Douro, foi um êxito dada a grande participação de motoclubes e motociclistas. (HA)

Concluiu-se este Domingo, dia 28 agosto, em Miranda do Douro, a X Concentração Motard, organizada pelo motoclube “L’s Cartolicas Zinantes”, um evento que decorreu nos dias 26, 27 e 28 e encheu a cidade motocliclistas, muitos deles vindos da vizinha Espanha.

Nos dias 26, 27 e 28 de agosto, o mercado de gado, em Malhadas, acolheu o XXXI Concurso Nacional de Bovinos Mirandeses, um certame que reuniu os criadores desta raça autóctone e premiou os melhores bovinos mirandeses.

No dia 21 de agosto encerrou, em Miranda do Douro, a XXIV Famidouro – feira de Artesanato, um evento que atraiu uma grande afluência de espanhóis e emigrantes à cidade, para conhecer os produtos artesanais que se fabricam no concelho como são as capas d’honra mirandesas, as navalhas de Palaçoulo ou os talhicos mirandeses.

Vai realizar-se no próximo sábado, dia 13 de agosto, em Sendim, a primeira edição da Feira do Emigrante, um certame que tem por objetivo presentear os muitos emigrantes que estão de visita à vila sendinesa neste mês de agosto e, simultaneamente, dinamizar as festas de Santa Bárbara.

O Dia do Município de Vimioso inicia-se com a conhecida Feira de São Lourenço. (HA)

A vila de Vimioso celebrou a 10 de agosto, o feriado municipal, com a realização da célebre feira de São Lourenço, a que se juntou o concurso concelhio de bovinos da raça mirandesa e a luta de touros.

A XXIV Famidouro – Feira de Artesanato de Miranda do Douro vai decorrer de 12 a 21 de agosto, e este ano para além dos trabalhos dos cerca de 60 artesãos/expositores vai oferecer aos visitantes um concerto de piano na abertura, a animação dos grupos de pauliteiros do concelho ao longo do certame e mostras de culinária com os produtos locais.

José Abílio Gonçalves é sócio-gerente e responsável pelo departamento comercial e produção de vinhos da J.M.Gonçalves - Tanoaria, Lda. (HA)

A J.M.Gonçalves -Tanoaria, Lda., localizada em Palaçoulo, foi nomeada empresa inovadora COTEC, uma distinção que visa reconhecer os elevados padrões de estabilidade financeira, eficiência operacional e inovação tecnológica, que fazem desta empresa um exemplo para todo o país. José Abílio Gonçalves, sócio-gerente da tanoaria, explicou ao jornal Terra de Miranda – Notícias, o significado deste prémio.

Numa manhã fresca de verão, com uma brisa suave e o sol a despontar, 16 pessoas embarcaram no barco das Arribas do Douro, atracado num cais perto da barragem de Bemposta, para ir à descoberta da beleza do Parque Natural do Douro Internacional (PNDI) e maravilharam-se com a paisagem, as aves e o silêncio que aí encontraram.

No fim-de-semana de 22, 23 e 24 de julho, a zona histórica do castelo de Mogadouro foi o palco do Festival Terra Transmontana, um evento repleto de animação e de atividades dedicados ao tema das comemorações dos 750 anos da vila mogadourense.

No âmbito do projeto de estudo da azeitona “santulhana”, o Instituto Politécnico de Bragança (IPB) vai promover de 25 a 29 de julho, em Izeda e Santulhão, o curso de verão “Produção Sustentável em Olivicultura”, destinado aos olivicultores desta região.

No fim-de-semana de 22 a 24 de julho, o castelo de Mogadouro vai ser o palco do Festival Terra Transmontana, um evento que vai oferecer ao público uma forte componente de música folk e tradicional, com concertos, atuação de grupos de gaiteiros, pauliteiros, caretos, animação de rua, figurantes, tascas, tabernas, artesanato e produtos locais.

Na zona industrial de Alfândega da Fé estão instaladas pequenas empresas, oficinas, empresas de transformação, agroindustriais e ligadas aos frutos secos.

O município de Alfândega da Fé vai investir 1,5 milhões de euros na zona industrial para atrair novos investimentos e expandir negócios como o dos frutos secos, uma das principais indústrias do concelho transmontano.

Com um investimento de 2,2 milhões de euros, esta infraestrutura foi inuagurada num cerimónia oficial na Câmara Municipal de Miranda do Douro. (PS)

O concelho de Miranda do Douro já tem gás natural, após a Sonorgás – Sociedade de Gás do Norte, concluir a construção da Unidade Autónoma de Gaseificação (UAG), que entrou em funcionamento no sábado, dia 25 de junho, permitindo abastecer mais de mil habitações através de uma rede de distribuição domiciliária com cerca de 12 km de extensão.

No concelho de Miranda do Douro há cerca de 50 explorações, num total de 2000 animais jovens e adultos e 1100 fêmeas adultas. (HA)

Realizou-se no dia 24 de junho, no mercado de gado, em Malhadas, o concurso concelhio de Bovinos de Raça Mirandesa, um certame anual que reúne os criadores do concelho de Miranda do Douro, num dia de exibição dos seus animais mas também de convívio entre os criadores e promoção desta raça autóctone.

O solar de bovinos de raça mirandesa abrange seis concelhos: Bragança, Miranda do Douro, Mogadouro, Macedo de Cavaleiros, Vinhais e Vimioso. (HA)

Os produtores de gado bovino de raça mirandesa estão muito apreensivos em relação ao futuro, devido à seca extrema que afeta o território do planalto mirandês e ao aumento dos custos de produção.

O município de Miranda do Douro vai dinamizar nesta sexta-feira, dia 24 de junho, em Malhadas, o Concurso Concelhio de Bovinos de Raça Mirandesa e Luta de Touros 2022, um certame que tem como propósito reunir todos os criadores do concelho.

Nos dias 6, 7 e 8 de junho cerca de meia centena de agricultores do concelho de Miranda do Douro visitaram a Feira Nacional de Agricultura, em Santarém, onde tiveram a oportunidade de estabelecer contatos com outros agricultores de todo o país e conhecer as mais modernas inovações e máquinas do setor agrícola.

As Termas da Terronha, em Vimioso, foram inauguradas a 13 de agosto de 2013. (HA)

A propósito da “I Semana para a Saúde e Bem Estar – Dr. José Joaquim de Moura” que vai decorrer de 6 a 10 de junho, em Vimioso, fomos visitar as termas locais, uma moderna estância termal edificada sobre o vale do rio Angueira e que proporciona vários tratamentos e serviços de bem estar.

A atual crise e escalada dos preços dos cereais é vista como uma oportunidade para recuperar o afamado centeio da Terra Fria ou o trigo barbela e trigo espelta. (flickr)

Um empresário de Bragança acredita que há uma nova oportunidade para os cereais da Terra Fria transmontana, que antigamente foram considerados pobres e quer convencer os agricultores a voltarem a plantar os cabeços abandonados.

Os ovinos de raça churra mirandesa tem um efetivo de 6.067 machos e fêmeas, repartidos por 75 produtores do planalto mirandês (Miranda do Douro, Mogadouro e Vimioso).

Os pastores do planalto mirandês estão a enfrentar dificuldades devido à seca e também à escalada dos preços dos fatores de produção, associados à guerra na Ucrânia.

Emanuel Soares e a esposa, Margarida, são os proprietários da pizzaria Gorgonzola, em Miranda do Douro. (HA)

A pizzaria Gorgonzola, em Miranda do Douro, é muito apreciada pela qualidade das suas pizzas, uma distinção que, segundo o pizaiolo, Emanuel Soares, resulta de um processo de aprendizagem, no qual aprendeu a preparar a massa e a escolher os melhores ingredientes, segundo a arte tradicional napolitana.

A 31 de março de 2022, realizaram-se as eleições para os órgãos sociais da Associação Comercial e Industrial de Miranda do Douro (ACIMD), para o triénio 2022/2025, tendo sido eleito presidente, Bruno Gomes, que assumiu que a prioridade é dar notoriedade ao comércio, à indústria e ao artesanato local.

Bruno Gomes é o novo presidente da Associação Comercial e Industrial de Miranda do Douro (ACIMD)
As rosquilhas foram o produto mais procurado na feira tradicional, em Argozelo. (HA)

A Feira da Rosquilha, em Argozelo, voltou a realizar-se passados dois anos de pandemia e atraiu a vinda de centenas de pessoas, que aproveitaram o fim-de-semana, de 2 e 3 de abril, para comprar alguns produtos locais, como as tradicionais rosquilhas e os folares para a Páscoa.

A Feira da Bola Doce Mirandesa, uma iguaria tradicional da Páscoa, vai regressar a Miranda do Douro, após dois anos de interregno devido às restrições provocadas pela pandemia, anunciou o município.

A vila de Argozelo vai realizar nos dias 2 e 3 de abril, a XV Feira da Rosquilha, um evento cujo objetivo é dar a conhecer e comercializar os produtos locais, como são as tradicionais rosquilhas, mas também o folar, o azeite, o vinho, o fumeiro, etc. e assim dinamizar a economia local.

Vão realizar-se no dia 2 de abril, as VI Jornadas Técnicas do Castanheiro, a partir das 14.30 h, em São Martinho de Angueira, com o objetivo de esclarecer e aconselhar os agricultores sobre boas práticas na cultura do castanheiro.

O certame dedicado ao turismo, regressou após uma ausência de dois anos, devido à pandemia, e realizou-se de 16 a 20 de março, na FIL,– Feira Internacional de Lisboa. (MV)

O Município de Vimioso apresentou na Feira de Turismo de Lisboa, os produtos mais emblemáticos do concelho como são o pão de Caçarelhos, a rosquilha de Argozelo, o azeite de Santulhão e, claro, as Termas da Terronha.

A Semana Gastronómica do Bacalhau vai decorrer de 26 de fevereiro a 6 de março de 2022, tendo aderido oito dos mais “emblemáticos” restaurantes da cidade e que vão oferecer vários pratos de bacalhau nas suas ementas.

A Associação Comercial de Miranda do Douro vai voltar a organizar a Semana Gastronómica do Bacalhau dirigida aos vizinhos espanhóis e dar assim um novo impulso à restauração local, um setor que foi bastante prejudicado pela restrições impostas pela pandemia.

A aldeia de Picote é uma aldeia cada vez mais procurada pelos turistas nacionais e estrangeiros, que ficam maravilhados com os recursos naturais e culturais aí preservados, em boa parte graças ao trabalho da freguesia local e do atual presidente, Jorge Lourenço. 

Jorge Lourenço, presidente da freguesia de Picote, tem sido um grande impulsionador do desenvolvimento turístico de Picote. (HA)

Deixe um comentário