Em 2021, a rearborização de pinheiro-bravo registou 9.364 hectares (ha) e ultrapassou a área considerada necessária para repor a área perdida. (flickr)

Em 2021, o investimento na floresta teve uma evolução “ligeiramente positiva” mas insuficiente para alcançar as metas definidas para o setor, indica um barómetro divulgado pelas associações Zero e Centro Pinus.

Quando há a conjugação de três fatores: temperaturas acima de 30 graus, humidade abaixo de 30% e ventos acima de 60 quilómetros horários, há alto risco de incêndio. (flickr)

O ministro da Administração Interna disse que 2023 será “ainda mais exigente” do que 2022 no combate aos incêndios florestais, sublinhando que dados europeus indicam que o “alto risco de incêndio” vai continuar a acentuar-se.

Nos dias 27 e 28 de janeiro vai decorrer no Parque Ibérico de Natureza e Aventura (PINTA), em São Joanico (Vimioso), uma ação de formação dedicada à criação e manutenção de solos saudáveis, com o objetivo de consciencializar para importância de gerar solos mais produtivos e saudáveis na agricultura.

O milhafre-real (Milvus milvus) é uma espécie ameaçada e legalmente protegida em Portugal. (Palombar)

A Palombar – Conservação da Natureza e do Património Rural informa que entre 2021 e 2022, aumentou o número de milhafres-reais contados em dormitórios de inverno, em Portugal, segundo um relatório do projeto LIFE EUROKITE.

Em dezembro de 2022, tanto a produção hídrica como a eólica atingiram o maior valor mensal no ano de 2022, o que levou ao maior valor de incorporação renovável. (flickr)

Em dezembro do ano que terminou, 78% da produção de eletricidade foi de origem renovável, sobretudo graças ao aumento da produção hídrica e eólica, que contribuíram respetivamente com 2.087 GWh (gigawatts hora) e 1.617 GWh, indicou a APREN.

Os biorresíduos são os resíduos que se degradam, por exemplo, os que são produzidos nas cozinhas, como restos de alimentos.

A associação ambientalista Zero alertou para a “fraca aposta dos municípios na recolha porta-a-porta de biorresíduos”, o que, avisa, “perpetuará incumprimento de metas de reciclagem”.

A APA indica que, das 70 albufeiras monitorizadas (de um total de 80) no continente, 38 estão com um volume de armazenamento entre 81 e 100%. (flickr)

A 26 de dezembro, as albufeiras portuguesas estavam a 81% da capacidade, um volume global que tem vindo a aumentar, mas ainda há duas barragens a menos de 20%, indica a Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

A central fotovoltaica de Mina Tó, no concelho de Mogadouro, comporta mais de 43 mil painéis fotovoltaicos, 93 inversores, três postos de transformação e uma capacidade de produção anual de 45.000 MWh [megawatts hora]. (Efacec)

A Efacec concluiu o projeto da central fotovoltaica de Mina Tó, numa encomenda avaliada em mais de 14 milhões de euros, informou a empresa.

A reserva de água aumentou cerca de 785 hectómetros cúbicos (hm3), encontrando-se a 72% da capacidade total de armazenamento. (flickr)

A reserva de água nas albufeiras portuguesas aumentou para 72% da capacidade total de armazenamento, em resultado da forte precipitação que caiu entre 12 e 14 de dezembro, revelou a Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

O livro descreve caraterísticas fundamentais do lobo ibérico, desde a sua biologia, valor ecológico, comportamento, ameaças que enfrenta e medidas práticas para a sua conservação, que promovam a coexistência pacífica do homem com o lobo. (Palombar)

A associação de conservação da natureza Palombar, com sede em Vimioso, editou o livro “O Lobo Que Não Era Mau”, destinado ao público infantil e que pretende revelar aos mais novos a importância do lobo-ibérico na natureza.

Segundo a bióloga Sara Pinto, os burros são bons gestores de paisagens porque podem criar descontinuidade nas áreas florestais e ajudar a travar o avanço dos incêndios rurais. (flickr)

O planalto mirandês é o campo experimental da primeira Brigada Florestal Animal, que consiste num projeto-piloto que tem por missão a limpeza de lameiros e mato, a fim de criar zonas tampão em caso de incêndios florestais.

O Parque Natural do Douro Internacional (PNDI)uma área protegida, com paisagens deslumbrantes. (flickr)

Vários empresários ligados ao turismo de natureza mostraram-se confiantes nas potencialidades do Parque Natural do Douro Internacional (PNDI), por considerarem que esta área protegida tem qualidades únicas para receber turistas ao longo de todo o ano.

Os cogumelos silvestres têm valor ambiental, científico, educativo, gastronómico e económico. (HA)

A localidade de São Pedro da Silva, no concelho de Miranda do Douro, acolheu no sábado, dia 19 de novembro, as VIII Jornadas Micológicas, uma iniciativa em que o grande objetivo foi a recolha e identificação de cogumelos silvestres e ao mesmo tempo a atividade proporcionou aos 130 participantes um dia de lazer e de convívio.

O município de Mogadouro e o Instituto Politécnico de Bragança (IPB) vão realizar intervenções de restauro ecológico nas encostas do rio Sabor, no montante de mais de 800 mil euros, adiantou o presidente da Câmara Municipal, António Pimentel.

O rio Fresno nasce no concelho de Miranda do Douro e atravessa o meio rural e aglomerados urbanos até à sua foz, no rio Douro, a jusante da barragem de Miranda do Douro. (flickr)

O município de Miranda do Douro vai investir cerca um milhão de euros na reabilitação e valorização do rio Fresno e dos seus principais afluentes, ao longo de uma extensão de 40 quilómetros, anunciou a autarquia.

Segundo a Zero, na recolha, “não se verificaram diferenças significativas ao longo dos últimos anos”, prevalecendo a recolha indiferenciada. (flickr)

A associação ambientalista Zero lamentou que a taxa de reciclagem se mantenha “vergonhosamente nos 21%” e que os 447 milhões de euros gastos para promover “uma política pública eficaz” no setor de nada tenham servido.

Nas margens do rio Fresno que atravessa Miranda do Douro, vão ser plantadas espécies como carrascos, olmos e freixos. (flickr)

O município de Miranda do Douro vai investir cerca de um milhão de euros na reflorestação do parque do rio Fresno e com a plantação de espécies autóctones pretende criar um “pulmão verde” da cidade, informou a presidente da câmara municipal, Helena Barril.

Atualmente, há no território raiano 40 casais de abutre-negro, sendo o principal objetivo chegar aos 80 casais. (flickr)

O projeto “LIFE Aegypius return – expansão da população de abutre-negro”, pretende duplicar o número de casais desta espécie no interior raiano, com um investimento de 3,7 milhões para os próximos cinco anos.

As duas maiores albufeiras da Bacia Hidrográfica do Douro - Almendra, no rio Tormes, entre Salamanca e Zamora, e Ricobayo, no rio Esla, em Zamora - terão de ceder a Portugal mais de metade da água que têm atualmente nas albufeiras. (flickr)

Espanha vai manter a passagem de água dos rios para Portugal e respeitar os caudais acordados bilateralmente, disse a delegada do Governo espanhol na região de Castela e Leão, Virgínia Barcones.

De acordo com o autarca vimiosense esta obra consiste no alteamento em cerca de dois metros do açude de Pena Menina, no rio Angueira. (HA)

O município de Vimioso vai investir 450 mil euros no alteamento de um açude no rio Angueira. para armazenar água em tempo de seca e assim abastecer várias localidades, avançou o presidente da autarquia, Jorge Fidalgo.

O acordo prevê o envio para Portugal, de cerca de 870 hectómetros cúbicos de água armazenada, nas albufeiras espanholas da bacia do Douro. (HA)

A presidente da Câmara de Miranda do Douro, Helena Barril, apelou aos governos de Portugal e Espanha para o cumprimento do pacto de Albufeira assinado entre os dois países, face à ameaça de corte de água reivindicado por agricultores espanhóis.

No âmbito do programa Ciência Viva no Verão, a Associação para o Estudo do Gado Asinino (AEPGA) e a Palombar – Conservação da Natureza e do Património Rural organizaram, na manhã do dia 24 de agosto, uma atividade dedicada aos anfíbios e répteis que vivem no rio Angueira.

Segundo a Palombar, a população residente de milhafre-real em Portugal tem um estatuto de ameaça “criticamente em perigo". (flickr)

A Associação Palombar escolheu o miradouro do Carrascalinho, no concelho de Freixo de Espada à Cinta, para devolver à natureza um grifo e um milhafre-real, após terem sido recuperados.

Segundo a bióloga, Ângela Cordeiro, a Estação da Biodiversidade de reúne condições execionais para a preservação de cerca de 70 espécies de borboletas. (MV)

No dia 13 de agosto, foi inaugurada a Estação da Biodiversidade de Serapicos, no concelho de Vimioso, que consiste um percurso circular com cerca de 1,5 quilómetros, ao longo dos quais os visitantes poderão conhecer mais de perto os insetos e as plantas que aí vivem.

No dia 1 de julho, a Palombar – Conservação da Natureza e do Património Rural apresentou a app “Passaporte Natura 2000”, uma aplicação informática que permite descobrir a natureza, as comunidades e o património existente nas Minas de Santo Adrião e no Parque Natural do Douro Internacional (PNDI).

A apresentação da app "Passaporte Natura 2000" realizou-se no PINTA - Parque Ibérico de Natureza e Aventura, em Vimioso. (HA)