Sem grande consciência, enchemos as nossas rotinas de inegociáveis. Eles podem ser o ginásio, uma série, ou um qualquer outro mimo aparentemente inócuo. Mas estas restrições, estes impedimentos, quando bloqueiam a alma para a liberdade do Evangelho, fecham-nos ao Espírito.

Ousemos ser livres do nosso próprio querer e interesse. Confiemos a Deus as consequências deste caminho, que trilhamos na sua companhia. E esperemos que, mais do que para nosso bem, este testemunho sirva para que muitos se aproximem de Cristo e partilhem da nossa alegria.

No Sábado, dia 14 de janeiro, cerca de 100 peregrinos portugueses e espanhóis percorreram mais uma etapa da rota dos santuários marianos existentes na raia, desta vez entre a igreja da Virgem de La Salud, em Alcañices até à capela da Virgen de La Soledad, em Trabazos.

Lisboa foi a cidade escolhida pelo Papa Francisco para a próxima edição da Jornada Mundial da Juventude, que vai decorrer entre os dias 01 e 06 de agosto deste ano. (Ecclesia)

O Papa Francisco exortou os jovens que vão participar na Jornada Mundial da Juventude, em Lisboa, a “abrir o coração a outras culturas” e a “aprender a olhar para o horizonte, a olhar para mais além”.

Na madrugada do próximo Domingo, dia 22 de janeiro, as monjas trapistas do Mosteiro de Santa Maria Mãe da Igreja, em Palaçoulo, vão participar na iniciativa da diocese “24 horas de oração com a JMJ 2023”.

Um santo não se improvisa. Um santo tem de entrar na escola do amor e, pelo menos, aprender a trautear as escalas da virtude e a lidar com as dores do sacrifício. Mas acima de tudo amar, para que, como São Cláudio La Colombière, possamos assumir o compromisso de «ser santo para que os outros sejam santos». Deus conta com isso e o mundo está necessitado de santos.

Esta iniciativa denominada “Peregrinos por 1 dia” surgiu em 2014, graças à colaboração entre a paróquia de Miranda do Douro e a delegação da religiosidade popular da diocese de Zamora.

No próximo sábado, dia 14 de janeiro, cerca de 100 peregrinos portugueses e espanhóis, vão continuar a percorrer os caminhos que ligam os vários santuários marianos existentes na raia, desta vez entre a igreja da Virgen da La Salud, em Alcañices, até Virgen da La Soledad, em Trabazos.

A data limite das inscrições diocesanas é o dia 15 de junho.

Estão a decorrer na diocese de Bragança-Miranda, as inscrições dos jovens para participar na Jornada Mundial da Juventude (JMJ), o grande acontecimento deste novo ano de 2023, que terá lugar em Lisboa e que vai contar com a visita do Papa Francisco.

Quantas vezes excluímos da alegria da comunhão aqueles que nasceram noutro lugar, falam doutra maneira, vestem-se diferentemente ou têm comportamentos que nos parecem estranhos? Quantas vezes tentamos reduzir a fraternidade universal de Jesus, Deus encarnado, ao seleto grupo de pessoas escolhidas por nós?

O Dia de Reis é promovido pela comissão de Festas de Santa Bárbara 2022/20223 e segundo o mordomo, José André, este evento pretende preservar a tradição dos cantares dos Reis.

A partir desta sexta-feira, dia 6 de janeiro, a vila de Sendim vai começar a celebração do Dia de Reis, com os cantares porta a porta pelas ruas da vila, seguida da atuação no Encontro de Cantares em Miranda do Douro, para concluir esta festividade com a participação no evento Dia de Reis, promovido pela comissão de festas de Santa Bárbara.

Que diferença faz uma mãe? Na vida de cada um de nós, a mãe é o colo que nos reconforta, o corpo que nos alimenta, a mão que ampara. A mãe é quem acolhe e mostra a cada criança, sem palavras, que o amor é a luz da Criação, que o amor é a matéria de que se faz o Universo, que o seu sorriso é a candeia que Deus fez brilhar sobre nós e que esta basta para que vivamos encontrados.

O paradoxo é o traço próprio do encontro com Jesus. Próprio e característico. E no Natal, como na Páscoa, de forma acentuada. Nós buscamos as alturas; Deus abaixa-se. Nós tentamos sobressair; Deus torna-se discreto. Nós queremos que todos nos vejam; Deus vai à procura daqueles que ninguém vê ou finge não ver.

Francisco sustentou que, como há dois mil anos, “a humanidade insaciável de dinheiro, poder e prazer não dá lugar – como aconteceu com Jesus”, devorando mesmo “os seus vizinhos, os seus irmãos”. (Ecclesia)

O Papa presidiu à Missa da noite da solenidade do Natal, questionando a “voracidade em consumir” que atinge a humanidade, sobretudo os pobres e vítimas da guerra.

O Advento é o primeiro tempo do ano litúrgico da Igreja Católica, decorre ao longo de quatro semanas e tem como propósito a preparação para o Natal, o Nascimento de Jesus.

No próximo sábado, 26 de novembro, inicia-se um novo ano litúrgico-pastoral com o começo do Advento e a diocese de Bragança-Miranda convida todos os diocesanos a participar na atividade digital “Coroas e Percursos de Advento”.

Na economia e na política, no desporto e na moda, na música e na gastronomia, nas artes e no lazer, mesmo no seio da Igreja, estamos constantemente à procura de alguém que seja a autoridade indisputada, digno de louvor e de glória. (…) Recordar que Cristo é Rei é uma exigência temporal do agora, dos nossos tempos e de todos os tempos.

A solenidade da Dedicação da Catedral e a Consagração do antigo Altar aconteceu em 1586, pelo que este ano se celebrou o 436º aniversário desta data. (HA)

Nesta quarta-feira, dia 16 de novembro, celebrou-se às 17h00, a eucaristia comemorativa dos 436 anos da dedicação da Concatedral de Miranda do Douro, uma celebração que visa assinalar a data da consagração do antigo altar, ocorrida em 1586.

A próxima caminhada “Peregrinos por um dia” está agendada para o dia 3 de dezembro, entre a ermida de Nossa Senhora da Luz, em Constantim e a Iglesia da Virgem de la Salud, em Alcañices.

Cerca de oitenta peregrinos, portugueses e espanhóis, das paróquias de Miranda do Douro e de Zamora percorreram no sábado, dia 5 de novembro, os dez quilómetros de distância entre a ermida de Nossa Senhora da Luz, em Constantim e o Santuário de Nossa Senhora do Naso, na Póvoa.

É melhor confiar no Amor que em todas as honras, riquezas, prazeres e poderes. É melhor confiar-se ao Amor, que derrota a morte, do que viver como cadáver que se arrasta.

A comemoração de todos os fiéis defuntos, remonta ao final do primeiro milénio. (flickr)

O diácono permanente Carlos Borges, da Paróquia de Barcarena (Patriarcado de Lisboa), disse que “é significativo que quase no final do ano litúrgico” a Igreja Católica celebre a Solenidade de Todos os Santos e a ‘comemoração de todos os fiéis defuntos’.

No dia 31 de outubro, a hospedaria do Mosteiro de Santa Maria Mãe da Igreja, em Palaçoulo, foi o palco da peça de teatro “Coros de A Rocha” de T.S. Elliot e interpretado por um grupo de amigos da Associação Para a Educação Cultura e Formação (APECEF). interpretado por um grupo de amigos da Associação Para a Educação Cultura e Formação (APECEF).

As peregrinações conjuntas entre portugueses e espanhóis iniciaram-se em 2014. (Diocesis de Zamora)

A atividade transfronteiriça “Peregrinos por um dia” vai regressar no próximo dia 5 de novembro, com a caminhada entre a ermida de Nossa Senhora da Luz, em Constantim, e o santuário de Nossa Senhora do Naso, na Póvoa, numa distância de 16,8 quilómetros.

Perante cerca de 20 mil pessoas reunidas na Praça de São Pedro, Francisco lamentou que muitos negligenciem a vida espiritual e deixam que “o amor por Deus arrefeça”. (Ecclesia)

O Papa pediu no Vaticano que os cristãos dediquem tempo diário à oração, como se regassem uma planta, evitando a concentração excessiva em “realidades secundárias”.

De que nos fala hoje o autor do Êxodo? Da persistência na oração, da importância de manter as nossas mãos e coração em contínua prece, principalmente nos tempos conturbados. Ele diz-nos que devemos incomodar Deus na hora da nossa necessidade, e sem cessar, porque a graça virá.

No Domingo, dia 9 de outubro, o representante da Santa Sé em Portugal, D. Ivo Scapolo, celebrou a Eucaristia na concatedral de Miranda do Douro, para depois ir conhecer a comunidade das monjas que estão a fundar um mosteiro trapista, em Palaçoulo.

Na celebração da Missa, realizada na concatedral de Miranda do Douro, onde estiveram presentes a presidente da Câmara Municipal de Miranda do Douro, Helena Barril e as demais autoridades civis. (HA)
O padre Manuel Marques, pároco de Miranda do Douro, nasceu no dia de São Miguel, Arcanjo, a 29 de setembro de 1952, em Vilarinhos das Azenhas, no concelho de Vila Flor.

No dia 29 de setembro, o padre Manuel Marques, pároco de Miranda do Douro, celebrou uma missa de ação de graças, na concatedal de Miranda do Douro, para agradecer os 70 anos de vida e 40 de sacerdócio.

Podemos alimentar a ilusão de que nós nunca nos encontraremos nessa situação. Mas este risco é real. Quantas são as dores e as necessidades do mundo às quais, todos os dias, decidimos fechar os nossos olhos e ouvidos e, pior ainda, o nosso coração, para evitar sermos contaminados pela dor dos nossos irmãos? Quantas justificações encontramos para aquietar a nossa consciência?

O Santuário de Nossa Senhora do Naso, na aldeia da Póvoa, acolheu milhares de pessoas para participar na Missa da Natividade da Virgem Santa Maria, uma celebração assinalada anualmente a 8 de setembro.

Concluíram-se no Domingo, dia 28 de agosto, as Festas em honra de Nossa Senhora do Rosário, em São Martinho, com a arruada pelas ruas da aldeia, seguida da celebração da missa, da procissão e as atuações dos pauliteiros e pauliteiras locais.

A porta aberta pelo Evangelho de Jesus é estreita para que só os corações que morrem ao próprio amor e se expandem no amor ao próximo possam passar. Que tenhamos um coração como o de Jesus e assim cruzemos a porta estreita e possamos atrair muitos irmãos à fé e à salvação de Deus.

Hoje celebramos a Assunção de Nossa Senhora, a sua partida para as moradas eternas. Na tradição oriental, este dia é conhecido como a «Dormição» de Maria, o dia em que ela sobe aos Céus.

Devemos, em todas as dimensões da nossa vida, promover a paz e a concórdia. Mas nunca sacrificando a verdade e o bem. O mal e a mentira devem ser sempre rejeitados.

No sábado, dia 13 de agosto, cantou-se em mirandês, o hino das Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ), para assim convidar os jovens da Terra de Miranda, a participar no grande encontro mundial, que vai realizar-se em Lisboa, em agosto de 2023.

Deixe um comentário