A superiora da comunidade das Monjas Trapistas, de Palaçoulo, a Irmã Giusy Maffini, prevê que o Mosteiro de Santa Maria Mãe da Igreja esteja concluído no mês de junho, altura em que as religiosas vão mudar-se para o novo edifício.

Segundo a Madre Superiora, no mês de junho, as Monjas Trapistas pretendem realizar a mudança para o novo mosteiro. (HA)
20240520_151014
Em Palaçoulo, a comunidade das Monjas Trapistas é atualmente formada por 14 pessoas (10 monjas, 1 noviça e 3 postulantes), que vivem segundo a regra beneditina do “Ora et labora”. (HA)

A comunidade das Monjas Trapistas, do Mosteiro de Santa Maria Mãe da Igreja, em Palaçoulo está a crescer, sendo atualmente constituída por 10 monjas, italianas, uma noviça e três postulantes, portuguesas, que decidiram servir a Deus, mediante o estilo de vida da oração e do trabalho.

O trabalho pastoral paroquial do cónego Francisco do Patrocínio Silva passou pelos concelhos de Bragança, Mirandela, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro e Mogadouro. (Ecclesia)

A diocese de Bragança-Miranda comunicou o falecimento do cónego Francisco do Patrocínio Silva, com 88 anos.

Imagem: Flickr

Quando, em nós ou naqueles que nos rodeiam, reconhecemos que há – ou que cresce – amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão ou humildade e o autocontrolo ou domínio de si mesmo, então o Espírito confirma os nossos passos. 

A vila de Vimioso volta a celebrar no fim-de-semana de 18 e 19 de maio, a tradicional Festa em honra de Santo Antão, um santo que viveu nos séculos III e IV e é considerado o pai dos monges.

No Domingo, dia 12 de maio, a localidade de Aldeia Nova, na freguesia de Miranda do Douro, acolheu duas centenas de pessoas, entre eles alguns estrangeiros, que participaram no passeio pedestre entre Miranda do Douro e a capela de São João das Arribas, uma atividade inserida na festa religiosa da localidade.

Perante cerca de 250 mil peregrinos – número divulgado pelo Santuário de Fátima o cardeal espanhol aconselhou os fiéis a, perante a Virgem, pedirem “pela paz do mundo e pela conversão dos pecadores”. (flickr)

Nesta segunda-feira, dia 13 de maio, milhares de peregrinos vão participar a partir das 10:00, no Santuário de Fátima, na missa da peregrinação à Cova da Iria, presidida pelo cardeal espanhol Juan José Omella, arcebispo de Barcelona.

Foto: Flickr

Anunciar o Evangelho é a nossa missão partilhada e implica convidar outros a viver connosco em comunidade, enfrentar e combater o mal sem receio e consolar aqueles que estão feridos, sós ou desamparados.

Em Miranda do Douro, a Festa em Honra de Nossa Senhora de Fátima decorre nos dias 11, 12 e 13 de maio, com a celebração religiosa da procissão das velas, a missa dominical e o terço, uma oração que se recita diariamente, na concatedral, ao longo do mês de maio.

Para ajudar os peregrinos uma plataforma que visa aumentar a segurança de quem faz a pé o caminho até ao santuário. (foto: CUMN)

Na véspera das celebrações de 12 e 13 de maio, são muitos os peregrinos que, principalmente do Norte, se dirigem a pé ao Santuário de Fátima, numa romaria que já é muito comum fora das datas das grandes celebrações.

As cerimónias da peregrinação internacional têm início às 21:30 de domingo, dia 12 de maio, com a recitação do Rosário, na Capelinha das Aparições. (Flickr)

Milhares de peregrinos já estão a caminho de Fátima, onde nos dias 12 e 13 de maio, o arcebispo de Barcelona, Dom Juan José Omella, preside às cerimónias da primeira peregrinação aniversária ao Santuário de Fátima.

O livro já se encontra à venda no site da Ego editora e a partir de 7 de maio estará nas livrarias do país. (Ecclesia)

O livro «As Aparições e os Caminhos de Fátima» foi apresentado no dia 4 de maio, no Centro Pastoral Paulo VI, em Fátima e consiste numa obra que traz uma lista dos caminhos de Fátima, documentados com mapas e etapas.

Imagem: ACN

Desde 1955, a Igreja Católica celebra a 1 de maio, a festa litúrgica de São José Operário, como forma de associar-se à comemoração mundial do Dia do Trabalhador.

No Domingo, dia 28 de abril, a ermida de Nossa Senhora da Luz, em Constantim, voltou a ser o local de encontro de milhares de portugueses e espanhóis, que celebraram juntos a missa campal e depois visitaram a feira franca instalada na fronteira luso-espanhola.

Foto: Flickr

É por permanecermos uns com os outros que vivemos verdadeiramente. É por pertencermos uns aos outros que nos salvamos.

A romaria começa às 16h00 de sábado, dia 27 de abril, com a tradicional procissão da imagem de Nossa Senhora da Luz, entre a igreja matriz de Constantim e a ermida edificada junto à fronteira. (flickr)

No fim-de-semana de 27 e 28 de abril vai realizar-se a romaria internacional em honra de Nossa Senhora da Luz, uma celebração religiosa e feira comercial, que têm lugar na ermida edificada junto à fronteira com Espanha e que junta anualmente centenas de portugueses e espanhóis.

Imagem: Flickr

Neste último dia da semana de oração pelas vocações, Domingo do Bom Pastor, perguntemo-nos o que podemos fazer nas nossas comunidades. Talvez faça falta renovar a equipa de catequistas, de leitores ou o coro.

As próximas Jornadas da Pastoral do Turismo vão realizar-se em 2025, (flickr)

O diretor da Pastoral do Turismo Portugal, da Igreja Católica, o padre Miguel Neto, afirmou por ocasião do Dia dos Monumentos e Sítios, celebrado a 18 de abril, que o turismo religioso “é para todos”, crentes ou não e anunciou umas jornadas dedicadas a este setor, em 2025.

Foto: RMOP

Aconteceu algo extraordinário naqueles quarenta dias de Jesus com os discípulos após a sua Paixão. Tão extraordinário que, dois mil anos depois, continuamos a reunir-nos e a fazer memória do que aconteceu, a ser discípulos seus nos vários lugares do mundo.

A cidade de Bragança vai acolher nos dias 12 e 13 de abril, o XII Encontro Nacional de Educação Moral e Religiosa Católica (ENES), do Ensino Secundário, que vai reunir mais de 3 mil jovens, à volta do tema “Eco(s) do Coração”.

«A Cura pela Reconciliação» estará disponível em todas as livrarias religiosas nacionais. (SCSDBM)

No dia 8 de abril, foi apresentado o livro «A Cura pela Reconciliação», da autoria de Dom Nuno Almeida, bispo da diocese de Bragança-Miranda.

No Domingo, dia 7 de abril, o Santuário de Nossa Senhora do Naso foi o local de encontro de vários peregrinos que partiram de Miranda do Douro, de Malhadas e da Póvoa, para a a Festa do Nasico, uma celebração religiosa que se iniciou com a chegada dos pendões, seguida da Missa Dominical e prosseguiu durante a tarde com a animação musical.

Flickr

A paz só se encontra quando reconhecemos o nosso pecado e regressamos à fonte da misericórdia. Renovemos a nossa confiança no perdão de Deus, na paz que Ele nos oferece, sabendo que com a paz vem também o Espírito Santo e a missão de anunciar esta grande alegria.

A estrutura governativa inclui o Ministério da Juventude e Modernização, que vai ter como ministra Margarida Balseiro Lopes, líder da Juventude Social Democrata, entre 2018 e 2022. (flickr)

O diretor do Departamento Nacional da Pastoral Juvenil (DNPJ), da Igreja Católica, considerou de “grande significado” a inclusão de um Ministério da Juventude no novo Governo de Portugal, que toma posse esta terça-feira, dia 2 de abril.

Na homilia da Missa de Páscoa, o pároco de Miranda do Douro exortou os mirandeses a seguir o exemplo de Cristo Ressuscitado e a procurarem viver segundo os “bens do alto”, isto é, as virtudes e valores de Deus, pois é aí que está a verdadeira felicidade e a vida eterna.

Desejemos viver a Ressurreição. Demos passos certos no caminho da salvação, vivendo ao estilo de Jesus, pobre e humilde, confiantes de que tudo concorre para o bem daqueles que confiam em Deus.

Na Missa da Ceia do Senhor, o bispo de Bragança-Miranda, realizou o rito do lava-pés. (DBM)

O bispo de Bragança-Miranda, disse que a família cristã, cada vez que sai de casa para participar na Eucaristia, “toma consciência de que não se basta a si própria, não se constrói pelas suas próprias mãos e habilidades” e a «Eucaristia faz da Igreja família», explicou D. Nuno Almeida.

Em Miranda do Douro, as celebrações religiosas da Semana Santa iniciaram-se no Domingo, dia 24 de março, com a benção dos ramos no largo da Misericórdia, seguida da eucaristia dominical, na antiga Sé catedral.

A Igreja Católica iniciou a Semana Santa, momento central do ano litúrgico, que recorda os dias da prisão, julgamento e execução de Jesus, culminando com a Páscoa, celebração da ressurreição de Cristo. (Ecclesia)

O bispo de Bragança-Miranda, Dom Nuno Almeida presidiu à celebração do Domingo de Ramos, sublinhando o simbolismo das celebrações da Semana Santa, no caminho para a Páscoa, o momento “essencial” do calendário católico.

Foto: Flickr

Aproveitemos este domingo, portal de entrada na Semana Santa, para examinar a nossa consciência. Perguntemo-nos quantas vezes somos movidos pela necessidade de aplauso ou de cair nas boas graças de alguém. E peçamos ao Senhor a graça de viver a verdadeira liberdade, aquela que nos permite «fazer o bem sem olhar a quem».

Na vila de Sendim, a benção dos ramos na capela de Nosso Senhor da Boa Morte, seguida da procissão para a igreja matriz, onde se celebra a eucaristia Dominical, dá início às celebrações da Semana Santa, num programa que decorre de 24 de março até 1 de abril e que é organizado pela União de Freguesias de Sendim e Atenor.

Em Miranda do Douro, as celebrações religiosas da Semana Santa iniciam-se com a benção dos ramos no Domingo, dia 24 de março e prosseguem na Quarta-feira Santa, com a Missa do Senhor da Misericórdia que dá entrada ao Tríduo Pascal, em que um dos destaques é a encenação da Via Sacra, no castelo.

Foto: Flickr

É quase inevitável que nos nossos dias impere a vontade de alcançar objetivos bem definidos, de acordo com um programa de vida prático. Mas Jesus mostra que a verdadeira vida mede-se pelo fruto que esta dá, que a glória só se alcança a posteriori e é semeada em impercetíveis gestos de bondade, que implicam dar a vida.

A iniciativa teve início no dia 9 de março, na Escola Secundária de Trancoso, na diocese da Guarda e conta com a participação de 30 formandos oriundos das três dioceses. (Ecclesia)

Os secretariados das dioceses de Bragança, Guarda e Viseu estão a promover uma ação de formação, que termina no dia 20 de abril, direcionada aos professores de Educação Moral e Religiosa Católica EMRC), sobre “Práticas de avaliação em EMRC”.

A Diocese de Bragança-Miranda informa que a igreja matriz de Vimioso recebe no Domingo, dia 17 de março, a apresentação da peça de teatro ‘O Meu Cristo Partido’, uma adaptação para teatro do livro do sacerdote espanhol Ramon Cué.

A Via Sacra é um exercício de piedade, geralmente feito diante de pequenas cruzes ou quadros com cenas da Paixão de Cristo, através dos quais se recordam catorze passos do sofrimento, crucifixão e morte de Jesus. (flickr)

Uma centena de figurantes da comunidade de Mogadouro participam numa Via-Sacra, ao vivo, agendada para 30 de março, que vai percorrer as principais artérias da vila.

A taxa de abstenção nas eleições legislativas de domingo situou-se nos 33,77%, a mais baixa desde 1999, quando ficou nos 38,91%. (Ecclesia)

O Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) saudou a participação dos eleitores nas eleições legislativas, pedindo aos responsáveis políticos que encontrem “soluções para os problemas e as desigualdades sociais”.

Foto: Flickr

Não abracemos a sombra do mundo. Arrisquemos ser luz, ousemos ser reflexo da misericórdia de Deus. E vivamos a alegria de ser filhos do Pai, que confiam na verdade e no amor.

O Papa destacou a importância da formação das meninas e jovens, em todo o mundo. (Ecclesia)

O Papa apelou à criação de caminhos para a valorização das mulheres, sublinhando que “a Igreja precisa delas” e denunciou a «grave discriminação» no acesso à educação, por parte de meninas e jovens em todo o mundo.

Foto: Flickr

No Evangelho, Jesus apresenta-Se como “o Templo Novo” onde Deus reside e onde marca encontro com os homens para lhes oferecer a sua Vida e a sua salvação. Quem quiser encontrar Deus deve aproximar-se de Jesus, tornar-se seu discípulo, abraçar o seu projeto, seguir os seus passos, viver animado pelo seu Espírito.

Foto: Flickr

Jesus, ao brilhar como o sol, mostra que é a luz do mundo. Mas aquela luz era demasiado forte e os discípulos ficaram atemorizados. E então o Pai estende uma nuvem sobre a cena, cobre todos com a sua sombra, e dessa nuvem brota a voz do Pai, a mesma que Jesus ouve no Batismo e que hoje ecoa na Transfiguração. E o Pai diz: «Este é o meu Filho muito amado: escutai-o».

Em paralelo às atividades, decorre o habitual peditório público para a Caritas, que será realizado pelos voluntários e valor angariado destina-se a apoiar famílias carenciadas. (foto: CDBM)

No âmbito da Semana Nacional da Caritas, que decorre de 25 fevereiro a 3 de março, uma delegação da Caritas Diocesana de Bragança-Miranda vai realizar na Escola Básica e Secundária de Miranda do Douro uma ação com meios de socorro, um workshop via rádio e uma demonstração de apoio à população civil.

Entre 20 de fevereiro e 11 de maio, o secretariado da catequese da Diocese de Bragança-Miranda promove uma formação intensiva para catequistas nos 4 arciprestados da diocese.

Iniciou-se a 14 de fevereiro o tempo litúrgico da Quaresma, com a celebração da Quarta-feira de Cinzas, na concatedral de Miranda do Douro, onde o padre Manuel Marques apelou à renúncia quaresmal para apoiar a reconstrução da hospedaria do mosteiro de Santa Maria Mãe da Igreja, em Palaçoulo.

Por causa da previsão de chuva, a caminhada convívio para o santuário do Naso, organizada pela mordomia de Nossa Senhora de Fátima foi reagendada para o Domingo, dia 7 de abril, aquando do “Nasico”, uma celebração que vai ser presidida pelo bispo de Bragança-Miranda, Dom Nuno Almeida.

Liturgicamente, 14 de fevereiro é o dia da festa de São Cirilo e de São Metódio, mas a Diocese de Terni, na Itália, celebra o seu padroeiro, São Valentim. (Ecclesia)

A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) deseja que os “jovens enamorados” sejam “felizes” e incentiva-os a acolher “o amor de Deus” e a empenharem-se na “luta do amor”, numa mensagem por ocasião do Dia dos Namorados.

Francisco encontrou-se com peregrinos de todo o mundo, na Quarta-feira de Cinzas. (foto: Ecclesia)

O Papa assinalou o início do tempo da Quaresma, no calendário litúrgico da Igreja Católica, deixando apelos à mudança interior e à paz.

A Quaresma serve de preparação para a Páscoa, a principal festa do calendário cristão (este ano a 31 de março). (Ecclesia)

O Papa apelou a novos modelos de desenvolvimento, denunciando a pobreza que atinge milhões de pessoas e a destruição da natureza, na sua mensagem para a Quaresma 2024, que se inicia a 14 de fevereiro, com a celebração da Quarta-feira de Cinzas.

As atividades são acompanhadas pelo pároco da Unidade Pastoral Senhora do Caminho, o padre Nelson Silva. (Ecclesia)

No âmbito do projeto universitário “Missão País”, o concelho de Mogadouro está a receber, pela primeira vez, um grupo de estudantes da faculdade de Medicina da Universidade do Porto, que entre os dias 11 e 18 de fevereiro, realizam ações de proximidade junto da população mogadourense.

Mosteiro-Trapista_incendio_antonio-cangueiro-1
Na madrugada de sábado, dia 27 de janeiro, um grave incêndio destruiu o telhado na hospedaria do Mosteiro, em Palaçoulo. (Ecclesia)

O bispo de Bragança-Miranda, Dom Nuno Almeida, anunciou que as comunidades católicas da diocese vão ajudar a reconstruir a albergaria do Mosteiro Trapista de Palaçoulo, através da renúncia quaresmal.

Não tem valor só o que funciona, nem conta só quem produz. As pessoas doentes estão no âmago do povo de Deus, que avança juntamente com elas como profecia duma humanidade onde cada qual é precioso e ninguém deve ser descartado».

O segredo de Jesus está na fidelidade à oração. Não é difícil imaginar que a vontade de Jesus para se levantar cedo, depois de uma noite tão cheia, fosse pouca. Mas foi falar com o Pai para escutar o que Ele lhe pedia. E foi isso que lhe permitiu ver que, existindo ainda muita gente a procurá-lo, estava na hora de partir para outra povoação.

A vila de Mogadouro, no arciprestado de Miranda, vai celebrar, este domingo, dia 4 de fevereiro, o Dia do Consagrado, com a participação de várias congregações da Diocese de Bragança-Miranda.

As monjas trapistas do Mosteiro de Santa Maria Mãe da Igreja, em Palaçoulo, escreveram uma carta a agradecer a “grande manifestação de proximidade e generosidade” que receberam, depois do “grave incêndio” destruir o telhado da hospedaria onde residem.

Na madrugada de sábado, dia 27 de janeiro, um grave incêndio destruiu o telhado na hospedaria do Mosteiro, em Palaçoulo. (Ecclesia)

Temos medo: medo de errar, medo de magoar, medo de ofender. A prudência é uma virtude, mas o medo nunca vem de Deus. Não devemos deixar de aproveitar todas as oportunidades que temos para anunciar um Deus de amor. 

No sábado, dia 27 de janeiro, ocorreu um incêndio na Casa de Acolhimento do Mosteiro Trapista de Santa Maria, a Mãe da Igreja, em Palaçoulo, que provocou a destruição da estrutura do telhado, uma reparação que vai implicar custos avultados.

Na aldeia de Ifanes, a festa em honra de São Sebastião vai celebrar-se nos dias 26 e 27 de janeiro, uma festividade de inverno que se distingue pela tradição de confeção das “claras” (ou roscos) e pelo cantar do ramo no decorrer na missa solene, agendada para o início da tarde de sábado.

No Sábado, dia 20 de janeiro, Algoso voltou a celebrar a festa em honra do padroeiro, São Sebastião, uma festividade que este ano foi animada com a antiga tradição do leilão dos “pés, orelhas e focinhos do porco” e a representação da peça de teatro “A tia Miséria”.

Paremos um pouco, saboreemos as nossas vidas e entreguemo-nos às boas obras de cada dia. Talvez seja esse o lugar de encontro com o Senhor, que nos pede que vivamos o mesmo de sempre de forma completamente diferente, no seu estilo amoroso. A melhor forma de encontrar o amor é começar a amar.

D. Nuno Almeida vai seguir o itinerário do bispo antecessor D. José Cordeiro, procurando que esta seja uma “visita sinodal e evangelizadora”, contactando nestes primeiros meses de 2024 com os agentes pastorais do arciprestado de Bragança (concelhos de Bragança e de Vinhais),. (HA)

O bispo de Bragança-Miranda iniciou a 13 de janeiro a visita pastoral por toda a diocese com o desejo de “caminhar com as pessoas, com as famílias, com as comunidades e instituições” que a constituem, onde “tanta gente louva o Senhor e procura pôr em prática o Evangelho”.

As festas religiosas estão profundamente enraizadas no dia-a-dia das comunidades, que celebram com particular devoção os seus padroeiros, como acontece em Algoso, com a festa em honra do padroeiro ou patrono, São Sebastião, cuja festa se vai assinalar no sábado, dia 20 de janeiro.

Este domingo, aproximemo-nos do altar do Senhor. Perguntemos-lhe onde mora e partilhemos da sua mesa, do seu destino, da sua missão. E, então, depois da bênção final, partamos pelos caminhos à procura dos nossos irmãos, como André, para os trazer até Jesus.

A Fundação cónego Manuel Joaquim Ochôa e o Santuário diocesano do Imaculado Coração de Maria, em Cerejais, em parceria com o Município de Alfândega da Fé, vão realizar no dia 2 de fevereiro, a primeira edição do congresso «Implica-te».

O bispo de Bragança-Miranda, Dom Nuno Almeida visitou Miranda do Douro na solenidade da Epifania do Senhor. (HA)

Na recente visita a Miranda do Douro, para presidir à solenidade da Epifania do Senhor e festa do Menino Jesus da Cartolinha, no dia 7 de janeiro, o Bispo de Bragança-Miranda, Dom Nuno Almeida, concedeu uma entrevista na qual abordou o problema do despovoamento na região, elogiou a identidade e a cultura do povo transmontano e destacou a importância da escuta, do diálogo e da formação bíblica nas comunidades.

No Domingo, dia 7 de janeiro, na concatedral de Miranda do Douro, o Bispo de Bragança-Miranda, Dom Nuno Almeida, presidiu à celebração da eucaristia alusiva à solenidade da Epifania do Senhor, que coincidiu com a festa do Menino Jesus da Cartolinha e que reuniu muitas crianças mirandesas ao redor do bispo diocesano.

A solenidade deste dia recorda-nos os Magos do Oriente que vêm adorar Jesus no Presépio. Eles representam sábios de todas as nações que procuram o verdadeiro Deus, o verdadeiro conhecimento, a alegria completa.

No próximo Domingo, dia 7 de janeiro, o Bispo da diocese de Bragança-Miranda, Dom Nuno Almeida, regressa a Miranda do Douro, para presidir à festa do Menino Jesus da Cartolinha, que coincide com a Epifania do Senhor, a festa que assinala a manifestação ou revelação do Deus Menino aos magos.

Na noite de Consoada, dia 24 de dezembro, em Sendim, realizou-se a tradição do Ramo de Natal para oferecer ao Menino Jesus, seguido de um recital ou declamação do Anjo aos Pastores, anunciando-lhes o Nascimento do Deus Menino.

Foto: Flickr

Tiremos proveito da graça de termos uma família. Nenhum de nós chegou ao mundo sozinho e ninguém tem uma história sem família. Vivamos esta graça.

Foto: Flickr

O Senhor conta com cada um de nós para espalhar a boa notícia, esta boa notícia de que não há tristeza que se viva só, que o amor é real e está ao alcance de todos e que esta vida, bem vivida, chama-se santidade.

O bispo de Bragança-Miranda terminou a homilia da Missa do Dia de Natal com uma proposta de oração a rezar junto ao presépio. (Ecclesia)

O bispo de Bragança-Miranda afirmou na homilia da Missa do Dia de Natal que o nascimento de Jesus é a “irrupção da luz divina num mundo cheio de escuridão”, que “precisa de ser narrado às novas gerações”.

Esta noite, recordamos como Deus nasceu entre palhas e não num palácio, com os seus pais por perto e não rodeado de uma multidão de servos, com animais e não um sistema central de aquecimento, a providenciar calor. Libertemo-nos das preocupações do mundo. Não procuremos construir palácios. Vivamos, sim, de forma que cada um de nós seja casa para Deus e para todos os irmãos. É isto o Natal.

O bispo de Bragança-Miranda, Dom Nuno Almeida alerta na mensagem de Natal para o “ambiente consumista” e afirma que a “diversidade de atitudes e de celebrações” indiciam que no “coração de todos prevalece sobretudo a sede de fraternidade”.

O encontro tem como tema «Não tenhas medo. Serás pescador de Homens» e destina-se à descoberta vocacional. (SCS)

O seminário diocesano de São José, em Bragança acolhe a 20 de janeiro, um encontro vocacional de pré-seminário que tem como tema «Não tenhas medo. Serás pescador de Homens» e destina-se a adolescentes e jovens, rapazes, em idade escolar.

O Secretariado de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC), da Diocese de Bragança-Miranda, conjuntamente com os professores e os alunos desta disciplina, nas escolas e agrupamentos do território da Diocese, estão a desenvolver a iniciativa “Natal Solidário EMRC Bragança-Miranda”.

Este Advento, nesta novena do Natal que hoje começa, comecemos cada dia a dizer «obrigado» ao Senhor. Este simples ato despoletará a alegria que está ainda por viver em nós, essa alegria que despertará os irmãos para o milagre do Natal, a presença de Deus entre a Humanidade.

O Advento é a oportunidade ideal para recordar o cuidado que o Senhor tem com cada um de nós. Não são necessários grandes sinais, pois quem o viu morrer na cruz dificilmente reconheceu a glória do Senhor, ainda que ela iluminasse toda a cena. O que é necessário é ter coração.

A primeira celebração do culto da Imaculada Conceição aconteceu na Sé Velha de Coimbra, no dia 8 de dezembro de 1320. (foto: Ecclesia)

A solenidade da Imaculada Conceição, que a Igreja Católica assinala anualmente a 8 de dezembro, é feriado nacional em Portugal, um reconhecimento à importância desta data na espiritualidade e identidade do país.

O Senhor envia-nos anjos, mensagens, convites seus. Hoje é um bom dia para nos perguntarmos: temos corações que reconheçam os anjos que o Senhor envia? Os convites do Senhor podem assumir várias formas: pode ser aquela inquietação que não desaparece; pode ser o impulso a ajudar alguém; pode ser o convite a finalmente perdoar quem nos prejudicou.

O bispo de Bragança-Miranda apresentou a sua primeira Carta Pastoral, intitulada ‘Unidos para oferecer a todos a alegria e a esperança do Evangelho’.

A celebração de abertura do ano litúrgico-pastoral decorreu na catedral de Bragança, onde o bispo diocesano afirmou que pretende acompanhar todas as comunidades, no território transmontano.

No início do Advento somos geralmente tentados a pensar que já sabemos tudo sobre este tempo. Conhecemos bem a história, admiramos os pormenores, construímos Presépios e encenamos peças que nos recordam o nascimento de Jesus. Contudo, será que estamos a viver o tempo que o Senhor preparou para nós?

A solenidade deste dia, Jesus, Rei do Universo, talvez com uma linguagem que nos pode parecer arcaica, aponta-nos o que devemos recordar todos os dias: nós não somos deus, as coisas não são deus. Só o Deus de amor, revelado em Cristo, é efetivamente Senhor e a nossa felicidade encontra-se ao viver ao seu estilo.

Os autores dos registos dos arranjos de Advento mais votados vão receber uma “lembrança literária”. (flickr)

O Secretariado das Comunicações Sociais, da Diocese de Bragança-Miranda, vai lançar no dia 2 de dezembro, aquando do arranque do novo ano litúrgico-pastoral, um convite aos diocesanos para fotografar os seus arranjos de Advento.

O Papa Francisco escreveu um livro dedicado ao presépio, em que aborda as várias “personagens do Natal” e a representação do nascimento de Jesus, iniciada em 1283, por São Francisco de Assis.

A mulher virtuosa é a que lança mãos à obra, encontra os meios para que o bem se faça. Ela ajuda os pobres e abre os seus braços para os que nada têm. Ela não gere somente o que lhe é dado: ela vai além e procura o fruto. Ela arrisca o Evangelho.

No dia 16 de novembro, celebrou-se em Miranda do Douro, a eucaristia alusiva ao 437º aniversário da Concatedral de Miranda do Douro, uma celebração anual que pretende recordar a importância histórica e religiosa da cidade e incutir nos mirandeses “proua” pela existência desta imponente catedral do século XVI.

No passado Domingo, dia 12 de novembro, as populações das aldeias de Paradela, Ifanes e Aldeia Nova voltaram a reunir-se na ermida de São Martinhico, em Paradela, para juntos celebrarem a festa em honra de São Martinho e assim aprofundar a amizade entre as populações.

Deus não se impõe. É necessário percorrer o caminho do seu seguimento para encher as lâmpadas com o azeite do amor oferecido. Deus é todo-poderoso em amor, pelo que só pode o que o amor pode. E o amor não se impõe: é oferecido e necessita de ser acolhido para que seja vivido.

Após o grande encontro da Jornada Mundial da Juventude (JMJ 2023), nos dias 24 e 25 de novembro, Vila Flor vai acolher a Jornada Diocesana da Juventude (JDJ), um encontro de jovens de toda a diocese de Bragança-Miranda, que vai contar com a participação do bispo diocesano, D. Nuno Almeida.

É esta a crítica que Jesus hoje faz aos escribas e aos fariseus. Eles apontam caminhos árduos para os outros, mas vivem acomodados; eles desejam ser tidos por piedosos, sem deixar que Deus toque o íntimo do coração; eles procuram reconhecimento, títulos, privilégios, lugares de honra, reverência… tudo coisas boas quando merecidas, mas que, quando nos tornamos dependentes delas, têm o mesmo efeito que uma droga: tornamo-nos dependentes e vivemos na ansiedade por mais.

A juntar à celebração da Semana dos Seminários, o seminarista Nélson Vale, que se prepara para o sacerdócio, vai ser instituído no ministério de acólito, no dia 12 de novembro, às 18h00, na Catedral de Bragança. (DBM)

O bispo de Bragança-Miranda lançou uma nota pastoral a assinalar a Semana dos Seminários, que decorre entre 5 e 12 de novembro, sublinhando que “mais do que uma casa ou instituição, o Seminário é causa”.

As Igrejas do Oriente foram as primeiras (século IV) a promover uma celebração conjunta de todos os santos,. (Ecclesia)

A Igreja Católica celebrou a 1 de novembro a solenidade litúrgica de Todos os Santos, feriado nacional em Portugal, na qual lembra conjuntamente “os eleitos que se encontram na glória de Deus”, tenham ou não sido canonizados oficialmente.

Se os que choram, os mansos e os que têm fome e sede de justiça é que são bem-aventurados, então não é estar sempre contente, satisfeito, ou alcançar as coisas através da força que traz felicidade.

No Domingo, dia 22 de outubro, o bispo de Bragança-Miranda, D. Nuno Almeida presidiu à celebração do Crisma, na concatedral de Miranda do Douro, onde foram confirmados na fé da Igreja, 25 jovens mirandeses que assim concluíram o percurso inicial da formação cristã.

D. Nuno Almeida desafiou-os a darem bom testemunho do Cristo e a dedicar algum tempo das suas vidas a Deus, ao voluntariado ou à catequese, aos escuteiros ou ao coro da paróquia. (HA)

Vivemos verdadeiramente quando colocamos todas as nossas energias no amor pelo outro, no acolher o outro. No meio das alegrias e das interrupções, das tristezas e das grandes maratonas de serviço, o coração tem de estar sintonizado com Deus.

Mais de 1100 catequistas de todo o país participaram nas Jornadas Nacionais de Catequistas 2023, intituladas ‘Olhar o novo Itinerário – Iniciação à vida cristã. (Ecclesia)

O presidente da Comissão da Educação Cristã e Doutrina da Fé (CEECDF) disse que as Jornadas Nacionais de Catequistas, que decorreram em Fátima, no fim-de-semana de 21 e 22 de outubro, convidaram os catequistas a “olhar com mais atenção e profundidade” para o novo itinerário que quer “proporcionar aos mais jovens uma catequese mais viva”.

No dia 17 de outubro, a comunidade trapista do Mosteiro de Santa Maria Mãe da Igreja, em Palaçoulo, associou-se ao apelo do Papa Francisco e dos responsáveis católicos da Terra Santa, para a celebração de um dia de jejum e oração pela paz.

O que nos pretende apresentar Jesus com esta provocação? Que devemos fazer o bem sem olhar a quem. O que estiver ao nosso alcance, cabe-nos fazer. E quando vemos que outros, menos empenhados, alcançam a mesma recompensa (neste caso, a vida eterna), não nos deixemos habitar pelo ressentimento ou pela inveja: tentemos transformar, assim que possível, o nosso lamento em ação de graças pela bondade do nosso Deus.

No âmbito do 106º aniversário das Aparições de Nossa Senhora aos Pastorinhos, em Fátima, a comissão de festa de Miranda do Douro está a organizar uma peregrinação, nos dias 14 e 15 de outubro, com passagens por Lamego, Batalha e a participação nas celebrações da eucaristia e da Via Sacra, em Fátima.

Ao negarmos o perdão a alguém, o ressentimento gera em nós um cinismo e dureza de coração que prejudica a nossa relação com Deus e com o mundo. Temos de ser artífices de perdão, recorrentemente, para que a ordem do amor reine.

Não se pode falar de fruto sem a morte da semente, de vida plena sem liberdade para morrer, de amor sem sacrifício, de seguimento de Cristo sem cruz. Só quem é livre para morrer é capaz de viver.

O programa religioso das festas em honra de Nossa Senhora do Naso, iniciou-se no Domingo, dia 27 de agosto, com a celebração da eucaristia e da lutuosa, o ofício rezado e cantado pelos irmãos associados da confraria do santuário, que faleceram no decorrer do último ano.

Jesus está vivo. Ele não é um sábio perdido nas páginas da história. Ele está connosco, acompanha-nos e leva-nos mais longe. Se dizemos, como Pedro, que Ele é o Filho de Deus, não devemos deixar de aproveitar a sua presença nas nossas vidas, nem de reconhecer, na nossa comunidade, os sucessores daqueles que anunciaram o Evangelho com Jesus e que, como eles, caminham com Jesus.

O Santuário de São Bartolomeu, em Argozelo, voltou a receber no dia 24 de agosto, a visita de milhares de fiéis para celebrar a missa solene e a procissão em honra do apóstolo, numa festa religiosa que é considerada uma das maiores romarias da região, ao proporcionar também música, comida, diversões e arraial.

Em Miranda do Douro, as Festas em honra de Santa Bárbara culminaram no passado Domingo, dia 20 de agosto, com a celebração da missa na concatedral, seguida da procissão pelas ruas da zona histórica da cidade, na qual voltaram a participar centenas de pessoas.

No sábado, dia 19 de agosto, foi inaugurado na aldeia de Campo de Víboras, em Vimioso, um monumento dedicado aos Missionários da Boa Nova, uma obra realizada pelos antigos alunos, com o propósito de homenagear e agradecer a educação recebida nos seminários das missões.

No âmbito das comemorações dos 478 anos da Cidade de Miranda do Douro, o novo bispo da diocese de Bragança-Miranda, Dom Nuno Almeida, visitou pela primeira vez a cidade e presidiu à celebração da eucaristia, no Domingo, dia 9 de julho, na concatedral.

No Sábado, dia 14 de janeiro, cerca de 100 peregrinos portugueses e espanhóis percorreram mais uma etapa da rota dos santuários marianos existentes na raia, desta vez entre a igreja da Virgem de La Salud, em Alcañices até à capela da Virgen de La Soledad, em Trabazos.

Deixe um comentário