Miranda do Douro: Município vai requalificar a Estação de Tratamento de Água (ETA)

A Câmara Municipal de Miranda do Douro vai investir cerca de 850 mil euros, na requalificação da Estação de Tratamento de Água (ETA), que abastece metade das localidades do concelho.

“Objetivo da requalificação da ETA de Miranda do Douro é dotar a infraestrutura de uma maior capacidade de captação de água”, adiantou o vereador Vítor Bernardo, referindo que a empreitada prevê a substituição de todos os equipamentos de bombagem e ainda a instalação de novos sistemas de controlo da estação.

Ainda de acordo com o autarca, esta empreitada vai traduzir-se numa melhoria substancial no fornecimento de água no que diz respeito à garantia de um serviço que responda aos padrões de saúde e bem-estar das populações em condições de fiabilidade e de segurança.

“Este é um investimento importante para a autarquia e que vai ao encontro das necessidades do município em dotar a infraestrutura de condições técnicas e logísticas para a captação, tratamento e distribuição de água de forma sustentável”, frisou Vítor Bernardo.

O projeto, orçado em 850 mil euros, surge no âmbito da candidatura do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no uso de Recursos (POSEUR), é e comparticipado em 85% por Fundos Europeu.

Esta ETA tem uma capacidade de tratamento de cerca de 4.800 metros cúbicos de água que é distribuída por mais de metade das provações deste concelho.

O atual equipamento foi construído em 2005 para fazer face às necessidades do concelho, através de uma captação existente na albufeira da barragem de Miranda do Douro.

Para a segunda fase dos trabalhos está prevista a construção de uma nova adutora com cerca de um quilómetro, desde o rio Douro até à ETA.

“A atual adutora tem cerca de 60 anos e foi sofrendo desgaste ao longo dos anos, sendo impreciso construir um novo sistema”, informou Vítor Bernardo.

Fonte: Lusa

Deixe um comentário