Vimioso: Mercearia Terra Fria já abriu ao público

A 19 de dezembro, um jovem casal de emigrantes abriu a nova mercearia Terra Fria, em Vimioso, um espaço inovador onde é possível adquirir produtos regionais ou tão simplesmente tomar um café.

A mercearia Terra Fria situa-se na rua Conselheiro José de Alpoim, a conhecida rua de Trás, em Vimioso.

Os novos comerciantes são o jovem casal Ana Cavaleiro e o marido, que são naturais de São Martinho de Angueira e de Cicouro.

Anteriormente, o jovem casal estava emigrado em Bordéus (França).

O surgimento da pandemia e as restrições que condicionavam a sua vida em França, fizeram-nos tomar a tão desejada decisão de regressaram a Portugal.

A proximidade à família, os pais de Ana Cavaleiro vivem em São Martinho e os sogros vivem em Cicouro, também pesou na decisão de regressar a Portugal.

“A proximidade familiar ajuda-nos muito, sobretudo na educação dos filhos”, disse.

Ana Cavaleiro e o marido são pais de dois filhos. Um rapaz de dois anos e meio, que está na creche, e de uma menina com 7 anos, que frequenta o 2º ano de escolaridade.

Quando regressaram a Portugal, Ana Cavaleiro revelou que já pensavam criar um negócio.

“Quando surgiu a oportunidade de abrir uma loja de produtos regionais, em Vimioso, decidimos arriscar, dado que não existia nada do género em Vimioso”, disse.

A aventura comercial começou logo na remodelação do novo espaço. E os trabalhos de construção, pintura e organização da mercearia/cafetaria foi tudo da autoria do jovem casal.

Já a funcionar desde 19 de dezembro, a mercearia Terra Fria, em Vimioso, oferece ao público o duplo serviço de cafetaria e de mercearia.

Na mercearia, Ana Cavaleiro diz que a sua intenção é dar a conhecer os produtos locais e regionais, como são os produtos hortícolas, as leguminosas, o azeite, o vinho, os frutos secos, o pão, o fumeiro, o artesanato, os doces, a fruta, as compotas, a fruta, etc..

Sobre o problema do despovoamento e o desafio de ter que enfrentar a falta de gente e a escassez de clientes, Ana Cavaleiro mostrou-se realista e otimista:

“Vai ser difícil, mas havemos de conseguir!”, disse.

Quando a questionámos sobre a recetividade das pessoas e em particular dos vizinhos à chegada da jovem família a Vimioso, Ana Cavaleiro, respondeu que a receção tem sido acolhedora e encorajadora.

A jovem referiu que os vizinhos lhe dizem que o novo espaço comercial está muito bonito e recheado de produtos alimentares inovadores e que vão fazer a diferença no comércio local.

Relativamente ao apoio concedido pela Câmara Municipal de Vimioso, a jovem empresária disse que a autarquia tem sido muto prestável, nomeadamente através da incubadora local de empresas, a 3INT (Incubadora para a Inovação do Interior e Negócios Transfronteiriços) que tem prestado apoio na criação do logotipo da nova empresa, dos cartões de visita, etc.

A 3INT (Incubadora para a Inovação do Interior e Negócios Transfronteiriços) tem prestado apoio na criação do logotipo da nova empresa, dos cartões de visita, etc.

As compras de Natal

A mercearia Terra Fria abriu as portas ao público em plena quadra natalícia. Sobre a data da abertura, Ana Cavaleiro disse que o proposito é oferecer uma escolha mais diversificada de presentes, no comércio local, aos vimiosenses e às pessoas que visitam Vimioso pelo Natal.

Entre os presentes que aí pode encontrar estão os vinhos, o azeite, o artesanato, sabonetes e champôs artesanais e muitos outros produtos.

No serviço de cafetaria, para além do café, do chá, dos bolos, também é possível pedir petiscos como as moelas, orelha, tortilha, bifanas, pregos, etc..

Diariamente, a mercearia Terra Fria está aberta ao público das 7h30 até às 19h00. Ao Domingo encerra às 12h00. E o dia de descanso é à segunda-feira.

A reação dos vizinhos comerciantes

Sobre a abertura da mercearia Terra Fria, a vizinha Maria Vara, proprietária de uma loja de flores, mostrou-se muito agradada com a novidade.

“Acho muito bem! E espero que a mercearia traga mais gente e movimento para esta rua, que sublinhe-se, já foi a mais movimentada de Vimioso pelo comércio que tinha outrora”, disse.

Animada pela chegada do jovem casal, Maria Vara, expressou o desejo de ver regressar mais jovens a Vimioso.

Por sua vez, a filha, Rita Vara, é da mesma opinião da mãe. E disse que a abertura da nova mercearia é uma mais-valia para Vimioso, pois vem diversificar a oferta de produtos existente e pode também servir de inspiração à criação de outros negócios.

“Dado que os jovens têm muita dificudade em permanecer em Vimioso, pela inexistência de empresas, talvez esta iniciativa possa inspirar e encorajar outros jovens a criar o seu próprio negócio”, disse.

Sobre o conceito do novo espaço comercial, que concilia mercearia e cafetaria, Rita Vara, sublinhou que até ao momento não existia em Vimioso nenhum espaço comercial que se dedicasse, exclusivamente, à comercialização de produtos regionais.

“Quando visitei a mercearia Terra Fria constatei que vendem produtos da nossa terra e da região e isso é motivo de satisfação”, disse.

Rita Vara indicou que quem visita Vimioso, sejam os turistas, os emigrantes ou os mesmo os vimiosenses que vivem noutras localidades, todos gostam de adquirir os produtos de qualidade da região.

“Dado que os jovens têm muita dificudade em permanecer em Vimioso, pela inexistência de empresas, talvez esta iniciativa possa inspirar e encorajar outros jovens a criar o seu próprio negócio” – Rita Vara

Fernando Ferreira, que trabalha há quase 60 anos como comerciante em Vimioso, disse que a abertura da mercearia Terra Fria traz mais valor para a vila.

“É claro que fico contente com a abertura deste novo espaço comercial. No entanto, preocupa-me a falta de gente e por conseguinte a falta de clientes em Vimioso”, disse.

Ainda assim, Fernando Ferreira exteriorizou a sua satisfação por ver uma jovem família mudar-se e investir em Vimioso.

Também o jovem comerciante, de nacionalidade chinesa, Zhu, que há vários anos vive e trabalha em Vimioso, corroborou da opinião que a abertura de novos comércios em Vimioso é benéfica. Sobre a mercearia, Zhu, disse que ter gostado do café do espaço.

Alcino do Fundo, proprietário de um talho, partilhou da opinião dos outros comerciantes, ao sublinhar que quanto mais comércio houver em Vimioso, mais gente haverá na vila e todos os comerciantes ganharão com isso.

HA

2 comentários em “Vimioso: Mercearia Terra Fria já abriu ao público”

  1. O conhecimento intercultural das pessoas é sempre o caminho para o progresso de vilas com esta tipologia. Bem vindos a Vimioso, deseja a CASA MARTINS e a SODINORTE.

    Responder

Deixe um comentário