Miranda do Douro: Município investe na reabilitação e valorização do rio Fresno

O município de Miranda do Douro vai investir cerca um milhão de euros na reabilitação e valorização do rio Fresno e dos seus principais afluentes, ao longo de uma extensão de 40 quilómetros, anunciou a autarquia.

“A intervenção visa a valorização dos ecossistemas ribeirinhos do rio Fresno e dos seus principais afluentes ao longo de 40 quilómetros de extensão, o que corresponde a 77 hectares de área”, disse o vereador Vítor Bernardo.

Este é um projeto orçado em cerca de um milhão de euros, no âmbito de uma candidatura do Programa de Recuperação para a Coesão e os Territórios da Europa (REACT-EU) e comparticipado na totalidade por Fundos Europeu.

O rio Fresno nasce no concelho de Miranda do Douro e atravessa o meio rural e aglomerados urbanos até à sua foz, no rio Douro, a jusante da barragem de Miranda do Douro.

“Para além dos objetivos hidráulicos, ecológicos, paisagísticos e culturais, esta reabilitação promete aumentar a resiliência das estruturas atualmente existentes, assim como promover a biodiversidade local e serviços de ecossistemas associados”, vincou o autarca.

Com esta intervenção, e de acordo com a autarquia de Miranda do Douro, pretende-se dar cumprimento “à legislação nacional e comunitária de limpeza e valorização de linhas de água e criar atratividade dos espaços fluviais, revitalizando lugares com profundo significado e interesse para as populações locais e visitantes”, disse.

“Vamos eliminar vegetação que não seja autóctone e seja exótica, limpar as margens e as linhas de água que desaguam neste rio e, ao mesmo tempo, criar zonas e espaços mais atrativos para os locais e visitantes, e que tenham interesse histórico, cultural e ambiental para as populações”, indicou Vítor Bernardo.

A intervenção pretende, ainda, recuperar a galeria ribeirinha e a funcionalidade dos sistemas naturais existentes ao longo do Fresno, bem como beneficiar os habitats de algumas espécies ribeirinhas.

Fonte: Lusa

Deixe um comentário