Ucrânia: Portugal enviou camiões com bens, material médico e medicamentos

Portugal enviou para a fronteira da Polónia com a Ucrânia dois camiões com bens para o alojamento temporário de emergência, material médico e medicamentos, informou o Ministério da Administração Interna.

O Ministério da Administração Interna (MAI) detalha que para apoiar no alojamento temporário dos refugiados que cheguem à fronteira com a Polónia foram enviadas cinco mil rações alimentares, 500 ‘kits’ de cozinha, 3.600 utensílios de cozinha em inox e 4.050 utensílios descartáveis.

Nos dois camiões enviados pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), ao abrigo do Mecanismo Europeu de Proteção Civil, vão ainda 500 esteiras, 500 ‘kits’ de higiene, mil cobertores e fronhas, e 850 lençóis.

Em termos de equipamento médico, Portugal enviou também 204 mil unidades de medicamentos de uso hospitalar e ambulatório, como antibióticos, medicamentos para a dor e soros, e 416 mil seringas e agulhas.

Os dois camiões partiram no dia 8 de março, da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), em Carnaxide, pelas 15h30.

A Rússia lançou na madrugada de 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que, segundo as autoridades de Kiev, já fez mais de 2.000 mortos entre a população civil.

Os ataques provocaram também a fuga de mais de 1,7 milhões de pessoas para os países vizinhos, de acordo com a ONU.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas a Moscovo.

Fonte: Lusa

Deixe um comentário