Sociedade: Bombeiros de Vimioso reelegeram órgãos sociais

Realizaram-se no passado dia 30 de março, as eleições para os órgãos sociais da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vimioso (A.H.B.V.V.), tendo sido reeleita a atual direção, presidida por Hélio Alves.

O ato eleitoral estava inicialmente agendado para dezembro de 2020, mas por causa da pandemia teve que ser adiado. Assim sendo, a 30 de março, e cumprindo as regras de distanciamento social e as demais normas de segurança sanitárias, as eleições que não tiveram a apresentação de nenhuma lista, reconduziram os anteriores órgãos sociais.

O presidente reeleito da A.H.B.V.V., informou que para o triénio 2021/23, a atual direção da A.H.B.V.V., tem como objetivos continuar a boa gestão da organização. Para além disso, Hélio Alves indicou que há a necessidade de construir um novo pavilhão para recolha das viaturas que se encontram no exterior e que por isso, estão sujeitas às intempéries das geadas no inverno e do calor no verão.

De acordo com o presidente da A.H.B.V.V., a corporação tem atualmente 22 profissionais a trabalhar a tempo inteiro e há cerca de 50 bombeiros voluntários. Sobre a corporação, Hélio Alves, destacou o profissionalismo e o cuidado dos bombeiros de Vimioso, que em plena pandemia e no exercício do seu trabalho cumpriram, rigorosamente, as medidas de prevenção do covid 19, o que fez com que não houvesse surtos na corporação.

Ainda sobre a situação pandémica, Hélio Alves, agradeceu os apoios da autarquia local e da Proteção Civil, no apoio para a aquisição material protetor, tais como as luvas, máscaras, zaragatoas, batas, álcool gel, etc., mas o presidente dos bombeiros vimiosenses, revelou também que estes custos foram suportados, sobretudo, pela A.H.B.V.V, sem qualquer ajuda do governo.

O surgimento da pandemia, em 2020, alterou o funcionamento das corporações de bombeiros. Por causa do cancelamento de muitas consultas, o serviço de transporte de doentes dos bombeiros de Vimioso registou uma acentuada redução, na ordem dos 60%, informou Hélio Alves. “

A Banda Filarmónica da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vimioso, fundada a 12 de abril de 1945, é um dos grupos que mais se destaca pela participação da juventude na dinamização do concelho. E é, simultaneamente, uma importante fonte de receita para a A.H.B.V.V., pois todos os anos é muito solicitada para animar as festas e romarias, das aldeias do concelho de Vimioso e também do distrito de Bragança. Em 2020, e por causa da pandemia, a Banda Filarmónica viu-se obrigada a interromper as suas atuações.

Outro revés para a A.H.B.V.V. foi a impossibilidade de realizar, em agosto, o peditório anual no concelho, que é outra importante fonte de receita para os bombeiros locais.

Atividades da A.H.B.V.V.

Uma das atividades mais emblemáticas da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vimioso (A.H.B.V.V.), foi a Meia Maratona das Castanhas, uma prova que fez parte do Calendário Nacional de Atletismo, tendo sido realizadas 18 edições, até ao ano de 2007. Devido ao enorme investimento exigido para a continuidade da prova ao mais alto nível, a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vimioso viu-se obrigada a cancelar a realização anual da Meia Maratona das Castanhas. Não obstante, a atual direção dos Bombeiros Voluntários de Vimioso revelou que, em articulação com a autarquia local, tem esperança de reunir as condições necessárias para que esta emblemática competição desportiva possa voltar a realizar-se, de modo a promover o concelho de Vimioso.

Maratona de 24 horas de futsal inter-bombeiros de Vimioso

Outra competição desportiva promovida pelos bombeiros vimiosenses é a Maratona de 24 horas de futsal inter-bombeiros. Nos meses de abril/maio e antes da época de combate aos incêndios, Vimioso acolhe um torneio de futsal, que reúne equipas de bombeiros de todo o país. Em 2018, por exemplo, participaram cerca de 200 bombeiros, pertencentes a 13 equipas. Participaram 11 equipas masculinas: B.V. Alfândega da Fé, B.V. Amarante, B.V. Izeda, B.V. Macedo de Cavaleiros, B.V. Mirandela, B.V. Pampilhosa, B.V. Parede, B.V. Sendim, B.V. Torre de Dona Chama, B.V. Vimioso e B.V. Vinhais . E também participaram 2 equipas femininas, dos B.V. Mirandela e dos B.V. Vimioso. Esta competição desportiva entre as associações de bombeiros tem a mais valia fortalecer a união entre todos os bombeiros.

HA      

                        

Deixe um comentário