Política local: Atual presidência da freguesia de Vimioso vai recandidatar-se como independente

Os atuais órgãos executivos da freguesia de Vimioso vão apresentar uma candidatura independente nas próximas eleições autárquicas, agendadas para 26 de setembro, em sinal de protesto contra o abandono e a indiferença da federação distrital do partido socialista (PS) de Bragança.

De acordo com Paulo Martins, secretário da freguesia de Vimioso, ao longo dos últimos 8 anos, a presidência da freguesia de Vimioso, liderada porJosé Manuel Alves Ventura, não recebeu qualquer apoio por parte da federação distrital de Bragança do Partido Socialista (PS).

Após as vitórias nas eleições autárquicas de 2023 e 2017, a freguesia de Vimioso sentiu-se “abandonada” no combate político contra o atual executivo municipal liderado pelo PSD.

Paulo Martins teceu duras críticas ao desleixe do PS-Bragança e recordou que Vimioso foi a única freguesia ganha pelo PS em todo o concelho vimiosense e por essa razão, diz que mereciam maior respeito e atenção.

Como demonstração do abandono, Paulo Martins recordou que nos concelhos vizinhos de Mogadouro e Miranda do Douro, a federação distrital do PS esteve na apresentação pública dos candidatos às próximas eleições autárquicas, ao passo que em Vimioso, não.

De acordo com o secretário da Freguesia de Vimioso, os obstáculos causados pela pandemia interromperam os projetos que a freguesia de Vimioso estava a desenvolver e no decorrer do último ano apenas foi possível realizar os trabalhos de manutenção dos caminhos rurais. Mesmo perante estas contrariedades, os atuais órgãos da presidência da freguesia de Vimioso decidiram que vão recandidatar-se nas próximas eleições autárquicas, com uma candidatura independente.

Os objetivos desta candidatura independente, denominada “Unidos por Vimioso”, são os de “concluir os projetos em curso, marcar uma posição relativamente à federação distrital do PS e defender Vimioso”, adiantou.

HA

Deixe um comentário