Pandemia: Quase 45 mil pessoas receberam reforço da vacina este fim de semana em Portugal

Quase 45 mil pessoas, com 65 ou mais anos receberam, no passado fim-de-semana, a dose de reforço da vacina contra a covid-19, elevando para mais de meio milhão as doses administradas, anunciou a Direção-Geral da Saúde.

No sentido de acelerar o processo de vacinação, os Centros de Vacinação do país estiveram abertos no fim de semana, tendo sido registada uma maior afluência no sábado.

Nos dias de sábado e domingo, foram administradas pelo menos 68.700 vacinas contra a gripe e 44.700 doses de reforço da vacina contra a covid-19 (dados completos só ao final do dia) a utentes com idade a partir dos 65 anos”, refere a Direção-Geral da Saúde (DGS) num comunicado divulgado.

Ainda de acordo com a DGS, “Portugal já administrou mais de meio milhão de doses de reforço e adicionais da vacina contra a covid- 19 e mais de um milhão e cem mil vacinas contra a gripe”.

Desde 18 de outubro que está em marcha a coadministração das vacinas contra a gripe e a terceira dose da vacina contra a covid-19, que integra os cidadãos com idade igual ou superior a 65 anos e em situação de imunossupressão.

A modalidade “casa aberta” para pessoas com 80 ou mais anos, que funcionou este fim de semana para acelerar o processo de vacinação contra a covid-19 e a gripe, “mantém-se durante a semana”.

A DGS aconselha os utentes a, antes de se dirigirem ao centro de vacinação da sua área de residência, consultarem o respetivo horário de funcionamento em https://covid19.min-saude.pt/casa_aberta/.

Além da modalidade “casa aberta”, “está também disponível o agendamento local para os utentes elegíveis, sendo dada prioridade às pessoas com mais idade e abrangendo, gradualmente, faixas etárias mais baixas, até chegar aos 65 anos”.

A convocatória para a toma das vacinas da gripe e contra a covid-19, em simultâneo, ou apenas para a vacina da gripe, recorda a DGS, continua a ser feita através de SMS.

A DGS lembra ainda que está também disponível o autoagendamento das vacinas para pessoas com 70 em mais anos, e que este pode ser feito em https://covid19.min-saude.pt/pedido-de-agendamento/.

A covid-19 provocou pelo menos 5.094.101 mortes em todo o mundo, entre 252.864.960 infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.257 pessoas e foram contabilizados 1.107.488 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Fonte: Lusa

Deixe um comentário