Mogadouro: Município aprova Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios

A Assembleia Municipal de Mogadouro aprovou por unanimidade o Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFI), após um parecer positivo do Instituto de Conservação da Natureza (ICNF).

“Trata-se de um documento estratégico e obrigatório para a defesa da floresta contra incêndios. Sendo obrigatório, a relevância do parecer vinculativo do ICNF foi extremamente importante”, disse o presidente da câmara de Mogadouro, António Pimentel.

Em nota divulgado pela autarquia, no seu sítio oficial na internet, pode ler-se que “em setembro passado o município de Mogadouro foi incluído na lista das 59 câmaras que não tinham cumprido com a entrega do PMDFCI até à data imposta pelas autoridades para o efeito – 31 de março de 2021, correndo, por isso, o risco de sofrer cortes no seu Fundo de Equilíbrio Financeiro (FEF)”.

“Quanto ao corte de verbas no FEF, tenho dúvidas de que possamos chegar a esse ponto pela ausência do PMDFCI e certamente que estaria atento a essa circunstância”, explicou o autarca social-democrata.

Sandra Sarmento, diretora regional do Norte do ICNF, destacou a importância de conclusão do processo de atualização do PMDFI de Mogadouro.

“Trata-se de um instrumento de planeamento estratégico fundamental para este território, face à sua vulnerabilidade, neste momento de transição para os novos programas de execução municipal”, vincou.

António Pimentel já havia igualmente sinalizado a apresentação e a aprovação do PMDFCI de Mogadouro como uma prioridade, não só para eliminar o risco de cortes de financiamento para o município, mas também pela importância deste documento no estabelecimento de estratégias, ferramentas e metodologias no combate aos incêndios no território deste concelho.

Fonte: Lusa

Deixe um comentário