Miranda do Douro: Primeira assembleia municipal dos novos autarcas

O executivo municipal liderado pela presidente, Helena Barril, participou a 27 de dezembro, na sua primeira assembleia municipal, onde deu a conhecer aos deputados municipais as ações realizadas nestes primeiros dois meses de governação.

Após as eleições autárquicas de 26 de setembro, o novo executivo municipal de Miranda do Douro, liderado pela presidente, Helena Barril, participou na sua primeira assembleia municipal.

Esta reunião decorreu no auditório do pavilhão multiusos, em Miranda do Douro, sob a orientação do novo presidente da Assembleia Municipal, o economista e professor universitário, Óscar Afonso.

Na assembleia municipal estiveram presentes os deputados municipais e os presidentes das várias freguesias do concelho, para debater e votar vários assuntos de interesse para o concelho de Miranda do Douro.

No decorrer da reunião, a presidente, Helena Barril, deu a conhecer aos deputados municipais algumas das ações já realizadas pelo executivo, desde que tomou posse a 18 de outubro de 2021.

“Iniciámos funções há aproximadamente 2 meses e demos continuidade às obras em execução”, começou por dizer

Sobre as novas iniciativas que pretendem realizar, a presidente da Câmara Municipal de Miranda do Douro afirmou que uma prioridade é implementar o Seguro Municipal de Saúde.

“Com uma população cada vez mais envelhecida, o seguro municipal de saúde visa colmatar a insuficiência de resposta do serviço nacional de saúde (SNS)”, explicou.

Outra prioridade para o executivo é a construção do matadouro municipal, que segundo a autarca vai ser construído em Sendim, dado que “é a localização geográfica que melhor serve os três concelhos de Miranda do Douro, Mogadouro e Vimioso”, justificou.

Noutro âmbito, Helena Barril congratulou-se com o aproveitamento do pavilhão multiusos, onde foi instalado um novo piso e umas bancadas, o que permitem que o espaço seja utilizado para fins desportivos, como é o atual estágio das seleções sub-18 de voleibol, de Portugal e de Espanha, que decorre de 26 a 30 de dezembro de 2021.

Em representação da oposição, o professor António Santos, felicitou o executivo pela intervenção no pavilhão multiusos, o que vai permitir o usufruto daquele equipamento também pelas escolas.

Para o novo ano, a presidente do município de Miranda do Douro, assegurou que o preço da água aos munícipes não vai aumentar.

Ainda sobre o novo ano e por causa da pandemia a autarca mostrou-se pessimista quanto à possibilidade de realizar o Festival de Sabores Mirandeses. Ainda assim, Helena Barril expressou que é intenção do município “acarinhar” cada vez mais os “hermanos” espanhóis, pela importância que têm na dinamização do comércio e da restauração, em Miranda do Douro.

HA

Deixe um comentário