Miranda do Douro: Mercado Rural Mirandês vai realizar-se nos dias 4 e 5 de dezembro

O Mercado Rural Mirandês está de volta nos dias 4 e 5 de dezembro, oferecendo ao público, local e aos visitantes, a oportunidade de preparar a mesa de Natal, com o que de melhor se produz no concelho de Miranda do Douro.

No Mercado Rural Mirandês vai ser possível adquirir uma grande variedade de produtos caraterísticos da região, com destaque para a Bola Doce Mirandesa, o folar de carne, a bola de carne, o pão, a doçaria regional, o fumeiro, mel, os frutos secos, doces e as compotas, os licores, o vinho, os queijos, os chocolates e afins, os manufaturados, os produtos hortícolas e a fruta da região.

O evento vai ser animado musicalmente pelos grupos tradicionais locais, como os Gaiteiricos e o grupo de Bombos da Escola de Música Tradicional Lérias.

O Mercado Rural Mirandês é uma iniciativa conjunta do município de Miranda do Douro e da Associação de Produtores Gastronómicos das Terras de Miranda – Sabores de Miranda e tem como objetivo apoiar a comercialização dos produtos locais, considerados de elevada qualidade.

De acordo com o vice-presidente da Câmara Municipal de Miranda do Douro, Nuno Rodrigues, o evento que vai realizar-se nas instalações do mercado municipal, para além de dinamizar o espaço visa sobretudo escoar os produtos regionais.

Segundo o autarca, há vários produtos que são muito procurados neste mercado alimentar.

“Desde logo a bola doce mirandesa que é o nosso ex-líbris, mas também os produtos hortícolas (como as batatas, as couves, o repolho, a nabiça), todo o tipo de fumeiro, os frutos secos (como a amêndoa, a noz, a castanha, os figos), azeite, o mel e muitos outros produtos”, indicou.

Sobre o estado de calamidade que o país está a enfrentar, Nuno Rodrigues, adiantou que serão implementadas as medidas recomendadas pela Direção-geral de Saúde (DGS).

“Nas instalações do mercado municipal, haverá uma entrada e uma saída para o público. O uso de máscara e a higienização das mãos será obrigatória e dentro do mercado só será permitida a permanência de 50 pessoas, em simultâneo”, indicou.

Sobre o possível receio das pessoas, e em particular dos vizinhos espanhóis, em visitar o Mercado Rural Mirandês, no próximo fim-de-semana, Nuno Rodrigues esclareceu que não vai ser exigido nenhum teste de deteção do vírus SARS-CoV-2 com resultado negativo.

“Para entrar em Portugal pelas fronteiras terrestres não é exigido nenhum teste negativo aos espanhóis, mas sim aos cidadãos oriundos de países exteriores à União Europeia e dos países da UE considerados de nível de risco vermelho ou vermelho escuro, o que não é o caso de Espanha.”, disse.

O governante adiantou ainda que é intenção do município de Miranda do Douro, voltar a organizar uma nova edição do Mercado Rural Mirandês, ao ar livre, no início da Primavera, do próximo ano.

HA

Deixe um comentário