Legislativas: Um total de 285.848 eleitores já votaram antecipadamente

Um total de 285.848 eleitores votaram no domingo, dia 23 de janeiro, para as eleições legislativas antecipadas, informou o Ministério da Administração Interna (MAI).

Em comunicado, o MAI refere que os dados finais enviados pelos 308 municípios, à Administração Eleitoral da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna, indicam que os distritos de Évora (95,50%), Bragança (94,86%) e Castelo Branco (94,75%) foram os que registaram maior taxa de participação face ao número de eleitores inscritos, entre os dias 16 e 20 de janeiro.

Um total de 315.785 eleitores inscreveram-se para votar antecipadamente em mobilidade a 23 de janeiro nas eleições legislativas.

O MAI explica que a votação antecipada em mobilidade decorreu em 403 locais definidos pelas 308 câmaras municipais, cabendo às forças de segurança a recolha e distribuição dos envelopes para serem entregues no sábado às juntas de freguesia onde esses eleitores estão recenseados.

O MAI precisa que esses votos serão descarregados nos respetivos cadernos eleitorais antes da abertura das urnas no dia da eleição.

Segundo o Ministério da Administração Interna, no domingo haverá 13.821 secções de voto abertas nos 308 municípios do continente e regiões autónomas dos Açores e da Madeira, mobilizando cerca de 70.000 membros de mesa.

O MAI avança que, para garantir a segurança sanitária do voto eleitoral e de todos os envolvidos, a Administração Eleitoral tomou várias medidas, “como a redução do número de eleitores inscritos por cada secção de voto para 750, e distribuiu mais de 100 toneladas de material sanitário pelas 308 câmaras municipais entre máscaras FP2 e cirúrgicas (25 por cada secção de voto), álcool gel (seis embalagens por cada secção de voto), batas, luvas e viseiras2.

O Ministério da Administração Interna apela ao “rigoroso cumprimento das normas de segurança sanitária durante o exercício de voto”, nomeadamente a utilização de caneta própria, máscara, distanciamento social e higienização das mãos.

Os eleitores que se encontrem em isolamento obrigatório devido à covid-19 vão poder votar presencialmente no domingo para eleições legislaturas antecipadas, depois de o Governo ter pedido um parecer ao conselho consultivo da Procuradoria-Geral da República.

O Governo recomendou aos eleitores nessa situação que vão votar num período específico, entre as 18:00 e as 19:00, aconselhando os restantes cidadãos a fazê-lo entre as 08.00 e as 18.00.

Mais de 10 milhões de eleitores residentes em Portugal e no estrangeiro constam dos cadernos eleitorais para a escolha dos 230 deputados à Assembleia da República.

Fonte: Lusa

Deixe um comentário