III DOMINGO DA PÁSCOA / 1º DIA DA SEMANA DE ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES

Eu também sou missão

At 3, 13-15.17-19 / Slm 4, 2.4.7.9 / 1 Jo 2, 1-5a / Lc 24, 35-48

Pedro explica a razão da miraculosa cura do aleijado, que pedia esmola à porta do templo de Jerusalém. O prodígio não foi realizado pelo seu poder pessoal. Cristo ressuscitado é o autor do milagre, o mesmo que condenaram à morte, Ele que é o autor da vida. O apóstolo Pedro retoma o perdão de Cristo aos que o crucificavam: «Irmãos, eu sei que agistes por ignorância, como também os vossos chefes». Quem está do lado de Cristo abre sempre um horizonte de esperança, não humilha alguém pelos seus passos mal dados, mas indica o caminho certo e anima a segui-lo.

São João, nesta sua carta, exorta-nos a sermos realistas, pois sendo nosso dever não pecar, todos sabemos que somos pecadores. Mas para Deus não há mal sem remédio, tudo tem solução, mesmo o maior pecado contra os seus mandamentos. É que «Jesus Cristo, o Justo, é o nosso advogado junto do Pai». A nossa confiança não nasce da possível força da nossa virtude, que será sempre débil e inconstante. A nossa confiança vem do Senhor, que está sempre disponível para nos defender. Em caso de dúvida, contemplemos um crucifixo.

Lucas apresenta-nos uma aparição de Cristo ressuscitado no mesmo dia de Páscoa. Aparece, como é habitual, a transmitir serenidade e confiança: «A paz esteja convosco». Não são também assim as nossas comuns experiências de encontrar o Senhor, na simplicidade da nossa oração e especialmente nos encontros com Cristo eucarístico? Jesus aparece não apenas para dar o conforto da sua presença, mas para nos enviar em missão. Cada um de nós tem de ser testemunha de Cristo ressuscitado, transmitindo paz, amor e confiança.

Estamos a iniciar a Semana de Oração pelas Vocações. Abramo-nos à graça de termos vocações de qualidade que transmitam, na Igreja e no mundo, a consolação de termos Cristo vivo no meio de nós.

Meditação diária no site da Rede Mundial do Apostolado da Oração:

https://redemundialdeoracaodopapa.pt/meditacao-diaria/1281

Deixe um comentário