Desenvolvimento: Governo realça aposta nos espaços de ‘coworking’ para revitalizar o interior

A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, valorizou a criação dos espaços de ‘coworking’ como uma das apostas para revitalizar o interior de Portugal.

Estes espaços, onde “as pessoas podem trocar ideias e fazer projetos”, estão abertos 24 horas do dia, nos sete dias da semana, e “não se destinam só aos nómadas digitais”, afirmou.

Ao intervir na inauguração de um novo Espaço Cooperativa Cowork, Ana Abrunhosa realçou que, neste caso, “é mais um passo muito importante” no trabalho da Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede das Aldeias de Montanha (ADIRAM) e “respeita tudo o que são as tradições”, sem deixar de “introduzir modernidade e inovação”.

“São projetos que se fazem com muito poucos recursos. Começámos com 57 e hoje já temos 88”, sublinhou, indicando que a sua concretização “não seria possível sem um importante trabalho em rede”.

Para Ana Abrunhosa, “não há coesão territorial sem fazermos este trabalho”, que permite “valorizar as aldeias, voltando a dar-lhes centralidade”.

A propósito, a ministra da Coesão Territorial defendeu a necessidade de “contar com o trabalho conjunto” dos autarcas e dos empreendedores, para assegurarem que, complementando a função das unidades de ‘coworking’, os seus utilizadores tenham habitação, bem como serviços de saúde, educação, cultura e transportes.

Salientando que estas políticas de revitalização do interior do país são “um grande objetivo da coesão territorial no próximo quadro comunitário de apoio”, Portugal 2030, preconizou “soluções à medida dos problemas” das populações.

Fonte: Lusa

Deixe um comentário