Cultura: Livro “Ritmos Tradicionais Mirandeses”

O livro “Ritmos Tradicionais Mirandeses”, da autoria de Alexandre Meirinhos e Rui Rodrigues, é um trabalho sobre a percussão na música tradicional mirandesa e destina-se a preservar a sua originalidade.

Alexandre Meirinhos é um dos fundadores do grupo de música tradicional mirandesa, os Galandum Galundaina, que tanto têm contribuído para preservação e divulgação da música tradicional da Terra de Miranda.

“São 24 anos de trabalho, com gosto, em que levamos a música tradicional mirandesa a muitos lugares do mundo e inspiramos outras pessoas, em particular, os mais jovens, a gostar da música tradicional“.

Alexandre Meirinhos aprendeu a tocar os instrumentos de percussão com o avô, na Terra de Miranda. Atualmente, vive no Porto, mas continua a trabalhar pela música tradicional da sua terra. “Apesar de estar no Porto, sou mirandês, e esta pertença não desaparece”. No Porto, e para preservar a identidade cultural da Terra de Miranda, foi também criada a Escola de Música Mirandesa, onde existe, por exemplo, um grupo de Pauliteiras.

O livro que agora é publicado, tem como objetivo registar os ritmos tradicionais mirandeses, para que estes não se percam ou desvirtuem. “Achei que era importante fazer algo pela percussão, também porque me apercebi que a música tradicional mirandesa estava a fugir um pouco do toque tradicional da Terra de Miranda, a transformar os nossos ritmos e a perder a nossa identidade”, explicou.

Para além deste propósito, o autor, diz que, atualmente, há muitos gaiteiros, jovens e adultos, mas há poucas pessoas interessadas nos instrumentos de percussão. O livro destina-se, por isso, a despertar o interesse das pessoas por instrumentos como a caixa de guerra e o bombo.

Na realização deste trabalho, Alexandre Meirinhos contou com a parceria de Rui Rodrigues, que já havia feito um trabalho sobre a música tradicional, de percussão, no Minho. O trabalho agora dedicado à percussão na Terra de Miranda, consistiu, em primeiro lugar, na gravação dos temas, em estúdio, e para tal tiveram a colaboração dos ‘Galandum Galundaina’. Depois, e com base nestas gravações, Alexandre Meirinhos interpretou os temas isoladamente e coube ao Rui Rodrigues transcrever as músicas para partitura.

O trabalho final, é assim, um livro onde se encontra um enquadramento histórico, padrões musicais e um CD com “faixas de apoio”. Para alguns dos ritmos ou padrões há também exercícios técnicos para quem está a estudar percussão ou está interessado em aprender.

HA

2 comentários em “Cultura: Livro “Ritmos Tradicionais Mirandeses””

  1. Boa noite Onde será possível adquirir este conjunto ?
    Ficarei grato se me informarem.
    José Florentino
    P.S.. Não encontro a necessária informação; peço desculpa por abusar do espaço

    Responder

Deixe um comentário