Cultura: Apresentação do livro ‘Santiago: A caminho de Compostela’

A apresentação pública do livro «SANTIAGO: A caminho de Compostela», da autoria José Carreto, realizou-se no dia 16 de julho, em Bragança, informou o secretariado diocesano da Pastoral da Cultura e Turismo.

A apresentação do livro sobre a peregrinação a Santiago de Compostela (Espanha) decorreu no dia 16 de julho, às 21h30, nos claustros da antiga Sé de Bragança.

O autor do livro “Santiago – A caminho de Compostela” percorreu a pé, a ancestral rota do Caminho Português Central e escreveu «um livro que permite ver para além do olhar, uma viagem onde o caminho é a resposta», diz o autor pergrino.

«Ao fazer-se o Caminho de Santiago, desde a Sé Catedral do Porto até à Praça do Obradoiro, em Compostela, descobrem-se, numa primeira fase, as razões profundas que nos levam a arriscar esta peregrinação intemporal».

«Depois, num segundo momento, vamos sendo conquistados por aquilo que o caminho tem oferecido desde sempre: a cultura; a história e os monumentos ; o sofrimento; a alegria e a superação.

No final, tornarmo-nos numa pessoa nova, garantidamente diferente, envolta na mística do caminho e dos seus mistérios», salienta.

O livro não é um guia. «É um trajeto pessoal, vivido ao longo do Caminho Português Central, de busca espiritual. No final, descobre-se que o grande propósito da vida é o conheciemnto e aceitação do outro», conclui.

O livro foi apresentado pelo Padre António Magalhães, reitor do Seminário Maior de S. José e assistente do Secretariado diocesano da Pastoral da Cultura e Turismo, numa cerimónia pública, ao ar livre, onde também esteve presente o bispo da Diocese, D. José Cordeiro.

A apresentação do livro editado pela Farol, decorreu ao ar livre e foram asseguradas todas as normas sanitárias em vigor.

O autor, José A.V. Carreto, é natural do Sabugal (Guarda), mas está “enraizado” em Vinhais. É juiz de Direito desde 1987. Percorreu durante 20 anos as comarcas de Trás-os-Montes e Alto Douro. É Juiz Desembargador desde 2007 e exerce funções no Tribunal da Relação do Porto. Na Igreja, é membro do Secretariado da Pastoral da Cultura e do Turismo da Diocese de Bragança-Miranda é também dirigente do Corpo Nacional de Escutas.

José Carreto é também autor de “A suspensão parcial da pena de prisão e a reparação do dano”, das Edições Almedina.

Ambos os livros estão disponíveis em todas as livrarias nacionais.

DBM | HA

Deixe um comentário