Automobilismo: Rali de Portugal vai condicionar o trânsito do Porto entre 9 e 27 de maio

A Câmara do Porto anunciou que, devido à etapa do Rali de Portugal e para “garantir condições de segurança”, vão ser vários os condicionamentos de trânsito e estacionamento entre o dia 09 e 27 de maio.

Em comunicado, a autarquia esclarece que para “garantir condições de segurança à mobilidade de pessoas e veículos” vão ser efetuados alguns condicionamentos no decorrer da Porto Super Special Stage, etapa do Vodafone Rali de Portugal.

O estacionamento terá condicionamentos entre o dia 09 e 27 de maio na Avenida de D. Carlos I, na Rua de D. Luís Filipe e na Esplanada do Castelo.

Durante o mesmo período, a ciclovia terá o seu início e fim no cruzamento da Rua de Raul Peres com a Avenida de D. Carlos I. Nos dias 17, 21 e 22 de maio a ciclovia será sujeita às condicionantes impostas aos restantes meios de transporte.

Entre o dia 14 e 16 de maio, estão previstos, numa primeira fase, cortes de via na Avenida de D. Carlos I, Rua D. Luís Filipe e Esplanada do Castelo (troço entre a Rua do Passeio Alegre e Avenida de D. Carlos I).

Numa segunda fase, que não ocorre em simultâneo com a primeira, estão previstos cortes na Esplanada do Castelo (exceto arruamento a norte) e na Rua D. Luís Filipe.

Já entre o dia 16 e 21 de maio, a autarquia prevê estabelecer um sentido único (nascente/poente) na Esplanada do Castelo, no troço entre a Rua do Coronel Raul Peres e 300 metros para nascente deste arruamento.

Ao mesmo tempo, prevê-se o corte de via na Rua D. Luís Filipe e na Esplanada do Castelo (troço entre a Rua do Passeio Alegre e Avenida de D. Carlos I).

Tanto o estabelecimento de sentido único, como o corte de via vão decorrer entre as 05:00 do dia 16 de maio às 06:00 do dia 17, e entre as 00:00 do dia 18 de maio e as 06:00 do dia 21.

O Rally de Portugal 2022 vai decorrer entre os dias 19 e 22 de maio.

Por sua vez, nos dias 17, 21 e 22 de maio estão previstos cortes de via na Rua de Sobreiras, Rua do Passeio Alegre, Rua 1 do Bairro da Rainha D. Leonor, Rua de Duarte Barbosa, Rua dos Olivais, Travessa dos Olivais, Rua de S. José, Rua de S. João da Foz, Viela da Senhora da Lapa, Calçada de Serrúbia, Rampa da Igreja, Rua das Laranjeiras, Rua das Motas, Rua Bela, Rua de Santa Anastácia, Travessa do Castelo, Rua da Cerca, Esplanada do Castelo, Avenida de D. Carlos I, Rua D. Luís Filipe e Rua do Coronel Raul Peres.

Na Rua da Senhora da Luz, Travessa do Alto de Vila, Rua do Alto de Vila, Rua de Cadouços, Rua de S. Bartolomeu, Travessa da Senhora da Luz, Rua da Fonte da Luz, Rua de Diu, Avenida do Brasil, Rua do Monte da Luz, Rua do Túnel, Rua de Gondarém e na Travessa do Monte da Luz vão também verificar-se condicionamentos neste período.

No dia 17 de maio, o estacionamento vai estar condicionado na Avenida de D. Carlos I entre as 06:00 e as 24:00, no dia 21 de maio entre as 06:00 e 12:00 e no dia 22 de maio entre as 00:00 e as 06:00.

Paralelamente, está previsto o estabelecimento de sentido único (sul/norte) na Avenida de Brasil (entre as 00:00 de dia 18 de maio e as 06:00 de dia 21) e na Esplanada do Castelo (nascente poente).

O Rally de Portugal 2022 é a quarta prova do WRC (Campeonato Mundial de Ralis) e o primeiro rali em terra batida do corrente ano.

A via será ainda cortada na Rua D. Luís Filipe, Esplanada do Castelo (das 12:00 às 24:00 no dia 21 de maio), Avenida Montevideu, Avenida do Brasil, Rua de Timor, Rua de Pero da Covilhã, Rua do Funchal, Rua do Molhe, Rua do Castro, Rua do Padrão, Rua de Rui Barbosa, Rua de Gondarém e na Rua da Agra.

Ao mesmo tempo, a Rua do Passeio Alegre estará condicionada ao estacionamento no troço entre a Rua de D. Luis Filipe e o lado oposto ao n.º 828.

De acordo com a Câmara do Porto, durante os condicionamentos não é permitida a paragem ou estacionamento de veículos em passeios ou outros espaços destinados à circulação pedonal “conforme a sinalização presente em cada local”.

Entre as 06:00 e as 23:59 do dia 17 de maio e entre as 06:00 do dia 21 e as 06:00 do dia 23 de maio, a praça de táxis no Passeio Alegre estará desativada.

Nos dias de treino e da prova, o acesso a cargas e descargas, moradores e veículos de emergência médica será garantido, “de acordo com as instruções” que a PSP ou Polícia Municipal estabeleçam em cada controlo.

Fonte: Lusa

Deixe um comentário