Vimioso: Cursos socioeducativos promovem a aprendizagem e o convívio social

Continuam a decorrer na casa da cultura de Vimioso e nas juntas de freguesia, as inscrições para os cursos socioeducativos, que este ano vão realizar-se também nas várias localidades do concelho, de modo a proporcionar oportunidades de aprendizagem e convívio a toda a população.

De acordo com a professora Elisabete Fidalgo, da Associação para o Desenvolvimento Cultural do Concelho de Vimioso (ADCCV), os cursos socieducativos destinam-se a todas as pessoas, crianças, jovens e adultos.

A oferta socioeducativa oferece a dança tradicionais e o folclore, a dança dos pauliteiros, o ballet para crianças, a zumba, o step dance. Na música há aulas de viola, gaita-de-foles e acordeão. Para a atividade física destacam-se a ginástica de manutenção, o karaté, o Tai-chi (técnicas de relaxamento) e o pilates. E nas atividades manuais, os cursos socioeducativos oferecem aulas de bordados, costura, artes decorativas (pinturas, aplicações em estanho e reciclagem) e as técnicas de escrinho.

“Nas danças tradicionais e folclore, o objetivo é motivar as pessoas, e em particular os jovens, a participar no rancho folclórico de Vimioso, que tem 27 anos de existência”, disse.

Os cursos socioeducativos (50 horas) vão iniciar-se no mês de outubro e decorrem semanalmente até maio de 2023. No final dos cursos e mediante a realização de uma gala, os formandos vão ter a oportunidade de dar a conhecer os talentos desenvolvidos na dança, na música e nas artes.

Segundo a vereadora do município de Vimioso, Carina Lopes, os encargos dos cursos socioeducativos são suportados conjuntamente pelo município de Vimioso a as freguesias.

“Os cursos socioeducativos visam agir contra o isolamento das pessoas, promovem a atividade física e a aprendizagem e são oportunidades de encontro e de convívio social nas várias localidades”, justificou.

HA

Deixe um comentário