Vilar Seco: IV Feira das Colheitas leva dinamismo à aldeia

Nos dias 16, 17 e 18 de setembro, Vilar Seco vai voltar a organizar a Feiras das Colheitas, um evento que pretende dar dinamismo à aldeia e oferecer aos visitantes a oportunidade de comprar produtos locais e apreciar as várias manifestações culturais da região como são as raças autóctones, a música e dança tradicionais.

O presidente da freguesia de Vilar Seco, Manuel Emílio João, informou que esta é a IV edição da feira, que começou em 2016, num passeio de São Martinho, promovido pela freguesia local e a Associação para o Estudo e Proteção do Gado Asinino (AEPGA).

Segundo o autarca, no certame deste ano, está prevista a participação de vários expositores com produtos locais e regionais, como são o mel, o fumeiro, as compotas, o pão e a doçaria tradicional e vários tipos de artesanato, com destaque para os escrinhos locais.

“Neste ano, não podemos contar com a participação de expositores de fruta e de produtos hortícolas locais, por causa da seca e da fraca colheita”, justificou.

Ao longo dos três dias da feira, a animação vai ser uma constante em Vilar Seco, com música tradicional, dança dos pauliteiros, tertúlias dedicadas ao artesanato e aos vinhos, oficinas artesanais, um concerto, lutas de touros e momentos de convívio.

“No sábado, dia 17 de setembro, a jornada vai iniciar-se com a atuação dos gaiteiros de Vilar Seco, seguida de um passeio com os burros de Miranda. Às 14h30 é momento da abertura oficial da IV Feira das Colheitas”, avançou.

No Domingo, o destaque é a emissão, desde Vilar Seco, do programa de rádio “Bom-dia Tio João”. À tarde, a organização da feira vai proporcionar ao público assistir a 6 lutas de touros mirandeses.

De acordo com o presidente da freguesia de Vilar Seco, Manuel Emílio João, a Feira das Colheitas, em Vilar Seco, visa imprimir um pouco mais de dinamismo social e económico à aldeia, que à semelhança de tantas outras localidades na Terra de Miranda, se encontra despovoada e envelhecida.

HA

Deixe um comentário