Miranda do Douro: Museu da Terra de Miranda muda para o antigo paço episcopal

A 27 de julho, o Museu da Terra de Miranda vai encerrar as portas das suas atuais instalações para iniciar as obras de requalificação do espaço museológico, passando a funcionar, a partir de 8 agosto, no antigo Paço Episcopal de Miranda do Douro.

A mudança de instalações justifica-se com a intervenção de remodelação do atual edifício, bem como dos edifícios adjacentes, adquiridos para suportar a ampliação do Museu”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O Museu da Terra de Miranda vai ter assim uma “significativa intervenção no seu edifício”, bem como no seu “discurso expositivo, dotando-o de uma museografia contemporânea”.

“Não perdendo de vista o seu objetivo de difusão da cultura antropológica local, esta reformulação do seu discurso permitirá afirmar o Museu da Terra de Miranda como uma referência de e para o território”, lê-se.

Em termos de discurso, pretende-se “reforçar a importância da dimensão geográfica, do sentido de territorialidade que está subjacente à leitura da região, da sua paisagem e da sua história, da sua língua, dos seus modos de viver e da sua cultura”.

A intervenção a realizar nas atuais instalações do museu está orçada em cerca de 1,2 milhões de euros, com comparticipação do Programa Operacional Norte 2020.

O Museu da Terra de Miranda é um museu etnográfico situado na cidade de Miranda do Douro. Situado no centro histórico, encontra-se instalado na antiga “Domus Municipalis” da cidade, edifício setecentista datado do séc. XVII.

Fundado por António Maria Mourinho, a sua abertura ao público ocorreu a 18 maio de 1982.

O antigo Paço Episcopal de Miranda do Douro, cujas obras de recuperação e ampliação foram inauguradas em dezembro do ano passado, acolhe já a estrutura de acolhimento e exposição da antiga Sé Catedral de Miranda do Douro.

Antigo Paço Episcopal, em Miranda do Douro

Fonte: Ecclesia

Deixe um comentário