Miranda do Douro: Festa dos Pendões dá início às comemorações do 477º aniversário da cidade

No próximo sábado, dia 2 de julho, vai celebrar-se em Miranda do Douro, a Festa dos Pendões “Pendones Alantre, La Mesma Tierra”, um desfile dos antigos estandartes identificativos das localidades, que dá início às comemorações dos 477 anos de elevação de Miranda do Douro a cidade (10 de julho de 1545).

Os pendões são estandartes retangulares, de grandes dimensões (as hastes que podem atingir 13 metros), com uma ou mais cores, que servem de distintivo de uma localidade e que geralmente encabeçam uma fileira militar ou uma procissão religiosa.

Em Miranda do Douro, a primeira festa dos pendões realizou-se em 2015, tendo nesse ano desfilado pela cidade cerca de 40 pendões, vindos das aldeias do concelho de Miranda do Douro e também da vizinha Espanha.

“Os desfiles de pendões são um espetáculo de cor, que vai embelezar a cidade da maior nobreza na celebração do seu dia maior”, assegura o município.

De acordo com o investigador, Alcides Meirinhos, da Associação da Língua e Cultura Mirandesa (ALCM), a tradição dos pendões remonta aos primórdios da nacionalidade portuguesa, ao tempo da reconquista cristã (séculos IX e X) e estes estandartes remetem para a identidade das localidades.

“Naquela época, os pendões eram símbolos identificativos das várias comunidades. Da mesma maneira que, hoje, a bandeira e o hino nacional identificam o povo português”, explicou.

Segundo o município de Miranda do Douro, a Festa dos Pendões – “Pendones Alantre, La Mesma Tierra” vai iniciar-se às 10h00 do próximo sábado, dia 2 de julho, junto ao Arquivo Municipal, seguindo-se o desfile pelas ruas da cidade.

A organização adianta que o desfile vai contar com a participação de 60 pendões vindos das aldeias do concelho de Miranda do Douro e das regiões espanholas de León, Aliste e Sayago.

“Com esta celebração, a autarquia mirandesa pretende revitalizar a tradição e uso dos pendões mirandeses que, não há muito tempo, existiam e eram orgulhosamente ostentados em todas as aldeias da Terra de Miranda, mas que, no presente, tem vindo a perder visibilidade, apesar de consubstanciarem um dos traços identitários históricos mais vincados do planalto”, informa o município.

O desfile dos pendões pelas ruas de Miranda do Douro vai concluir-se no jardim dos Frades Trinos, onde está programada uma cerimónia solene, às 12h00.

Segundo o município, os pendões existentes nos povoados de todo o território do antigo Reino de León, do qual a Terra de Miranda era parte integrante, teriam a sua origem nos pendões militares medievais que guiaram a reconquista cristã da Península Ibérica, os quais, ao perderem a sua função bélica, haveriam sido incorporados pela Igreja e integrados nos rituais religiosos e assim chegado aos nossos dias.

A festa “Pendones Alantre – La mesma Tierra” vai dar início às comemorações do 477º aniversário de elevação de Miranda do Douro a cidade (10 de julho de 1545). Para assinalar este aniversário, o município de Miranda do Douro programou uma série de atividades culturais, que vão decorrer de 2 a 17 de julho.

Assim, para além da festa inaugural dos pendões, o programa das comemorações do aniversário da cidade vai oferecer concertos, uma caminhada, espetáculos, exposições, apresentação de livros, a exibição de um filme, conferências, homenagens e outras atividades.


Comemorações do 477º aniversário de elevação de Miranda do Douro a cidade.

HA

Deixe um comentário