Miranda do Douro: Freguesia passa a integrar o conselho geral da ANAFRE

Após participar no XVIII Congresso da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE), dedicado ao tema “Freguesias 20/30 Valorizar Portugal”, a freguesia de Miranda do Douro foi convidada para integrar o conselho geral da associação, onde terá a oportunidade de acompanhar mais de perto os problemas das freguesias portuguesas e a atuação da associação.

“Como membro do conselho geral, a freguesia de Miranda do Douro vai participar, ao longo do ano, nas várias reuniões da ANAFRE e acompanhar mais de perto os problemas das freguesias e a atuação da associação na sua resolução”, informou o presidente da freguesia de Miranda do Douro, Francisco Parreira.

Sobre a participação no XVIII Congresso da ANAFRE, nos dias 10, 11 e 12 de março, em Braga, Francisco Parreira disse que é importante estar ao corrente das decisões que se vão tomando no âmbito das freguesias.

“Foi importante participar no congresso da ANAFRE para ter conhecimento do trabalho que a associação realiza, das políticas do governo para as freguesias e ao mesmo tempo contatar com outros autarcas, partilhar ideias e estabelecer sinergias”, explicou.

Sobre a pretensão do governo de transferir mais competências para as freguesias, Francisco Parreira disse que nas freguesias mais pequenas, como as do interior do país, esse problema não tem tanta relevância como nas freguesias de maior dimensão.

“As juntas de freguesia mais pequenas têm poucas competências, como são a limpeza de espaços e o arranjo de caminhos. No entanto, ainda que limitados, estes trabalhos são muito importantes, para quem cá vive e também para quem nos visita”, justificou.

Em relação a outras competências, Francisco Parreira, disse que é dever da freguesia apoiar as associações locais, no desenvolvimento de atividades e eventos que promovam o desenvolvimento local.

Em representação do concelho de Miranda do Douro, também participou no congresso da ANAFRE, o presidente da freguesia de Picote, Jorge Lourenço.

“Sendo a freguesia de Picote associada da ANAFRE, é importante estar presente no congresso, pois é um fórum de discussão e afirmação das freguesias”, disse.

De acordo com Jorge Lourenço, no decorrer do congresso foram discutidos vários assuntos como a redução ou isenção da taxa de IVA para as juntas de freguesia e a dificuldade de acesso às redes móveis.

“São assuntos de particular importância para as freguesias de menor dimensão. Se pudermos deduzir o IVA, isso é uma receita que vai beneficiar as freguesias”, explicou.

O XVIII Congresso da ANAFRE realizou-se no seguimento das eleições autárquicas, onde cerca de mil autarcas discutiram temas como as novas competências das freguesias, a reorganização administrativa e o acesso a fundos comunitários.

No decorrer do congresso foi reeleito como presidente da ANAFRE, o socialista, Jorge Veloso.

HA

Deixe um comentário